Forum Gospel Mania

Fórum Gospel Mania, o ponto de encontro dos evangélicos


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ritmos mundanos na igreja , o q vcs acham???

Ir à página : Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 2 de 2]

andersonasp06


Chegando agora
Chegando agora
Vou agora , um pouco sobre o nascimento destas novas igrejas de movimento gospel em um geral ok?

Falam como o mundo - Será que seria correto os lideres e os membros de uma igreja falar gírias e ter um palavreado totalmente ligado ao
palavreado do mundo? Seria conveniente falar em gírias o tempo todo e
inclusive em um culto de adoração a Deus?

Tito 2:7 e 8 Em tudo te dá por exemplo de boas obras; na doutrina
mostra incorrupção, gravidade, sinceridade,
Linguagem sã e irrepreensível, para que o adversário se envergonhe, não
tendo nenhum mal que dizer de nós.

A palavra diz: Linguagem sã e irrepreensível, será que eu entrar na
igreja gritando: É isso ai galeraaa, jc na veia, vamos tira o pé do
chão maluco, adora o cara lá de cima.

Agora algumas destas novas igrejas de movimentos gospel tem até pista de skate dentro da igreja, outras tem até grafites na parede, e existe agora até igreja com uma prancha no lugar de um púlpito.
Vemos mais uma vez atitudes contrárias ao que ensina a palavra de
Deus.

Mt 21:13 E disse-lhes: Está escrito: A minha casa será chamada casa de
oração; mas vós a tendes convertido em covil de ladrões.

Is 56:07b. 7 Também os levarei ao meu santo monte, e os alegrarei na
minha casa de oração; os seus holocaustos e os seus sacrifícios serão
aceitos no meu altar; porque a minha casa será chamada casa de oração
para todos os povos.

Deus disse que sua casa seria uma casa de oração e não de baderna, onde entra jovens de bermuda falando gírias carregando skats e pranchas para os cultos.

Entram vestido de qualquer forma no culto
Entrar na casa do senhor vestido de qualquer maneira seria certo? I Tm 2:09 Ez 44:17

Onde é que esta sociedade pós modernista irá parar, onde é que o
relativismo moral chegará da maneira que estamos caminhando? O povo
esta perdendo o temor a Deus, o zelo pela casa do senhor já não esta
quase nem existindo, estas igrejas novas que estão abrindo, em algumas
delas até de bermuda os músicos podem subir no altar, os pastores já
não precisam nem se vestir com decência, basta subir no púlpito
de bermuda, camiseta regata e gritar... jc na veia, depois disto é só mandar o regue ou rock pra galera agitar e pular, em outros termos usados alguns deles dizem: Vamos mexer as cadeiras, tira o pé
do chãooooooooooooooooooo.

Gostaria de pedir perdão a todos que talvez estão se ofendendo com as
minhas palavras, mas a verdade é que se fosse no velho testamento muitos legalistas morreriam fulminados ao entrar na igreja de determinadas maneiras.
As pessoas dizem: Estamos no tempo da graça. Mas me perdõem pessoal, o Deus do velho testamento continua o mesmo do novo, ele não mudou, seu caráter continua o mesmo, a única diferença é que ele não mata a pessoa de imediato como no velho testamento, pois Jesus morreu na cruz para que pudéssemos ter acesso a misericórdia de Deus.

Porém de forma indireta o homem morre como antes, só que agora a morte é espiritual, muitos estão mortos espiritualmente em nossas igrejas já faz tempo, mas alguns ainda não perceberam.

A pergunta que eu faço é: Deus mudou? O caráter de Deus mudou do velho para o novo testamento? Não mudou de forma alguma, ele continua sendo o mesmo Deus zeloso por sua casa, ele ainda ama a reverencia nos cultos, ele não mudou..

No passado os sacerdotes tremiam ao entrar no templo, porque se
entrasse com qualquer pensamento impuro já morria, eles tinham que
entrar até com uma corda amarrada na cintura porque se o sujeito
demorasse a sair os seus amigos sacerdotes já percebiam que o sacerdote tinha morrido lá dentro, sendo assim eles puxavam o sacerdote morto pela corda.

Hoje em dia? Hoje em dia muitos dizem viver na graça. O viver no tempo da graça para muitos significa agora poder entrar na igreja de bermuda e afins, alguns dizem que todo o fardo foi levado por Jesus, agora podemos falar igual ao mundo, se vestir igual ao mundo que não tem problema, afinal Jesus morreu na cruz para que hoje pudéssemos viver de qualquer maneira no evangelho, SERÁ MESMO QUE VIVER NO TEMPO DA GRAÇA É PODER VIVER EXATAMENTE O MUNDO VIVE? SERÁ QUE VIVER NO TEMPO DA GRAÇA É SÓ DEIXAR DE BEBER E FUMAR E A SALVAÇÃO ESTA GARANTIDA?

Mas como fica as palavras de Deus quando disse a Moises: Tira as sandália dos seus pés porque o lugar que pisa é santo, será que a casa do senhor não esta valendo mais nada? Será que o lugar que é consagrado para adoração só foi santo no tempo de Moises e hoje já não é mais? Será que Deus não é mais digno de reverencia no templo que foi consagrado para sua adoração?

Quando falamos em casa do senhor deveríamos temer e tremer, e não
entrar na igreja mascando chicletes e conversando o culto inteiro,
quando falo isto eu não estou falando de uma igreja em especifico, mas estou falando do comportamento de cada um de nós quando vamos a casa do senhor.

Olha sinceramente, eu gostaria que João batista, AQUELE MESMO DA BÍBLIA vivesse nos dias de hoje, eu gostaria também que ele participasse de um desses cultos em determinadas igrejas, se possível gostaria que ele tivesse no mínimo uma saudação, quando ele pegasse no microfone eu sei exatamente o que João batista diria (Mateus 3:7)

Eu sei que serei odiado por alguns pelas minhas palavras, receberei várias criticas a respeito do que escrevi , mas eu ainda tenho zelo pelas coisas do senhor, e não aceito fazerem do templo santo do senhor uma casa de diversão.

Falar, se vestir, e se portar da mesma forma que o mundo faz não vem do senhor, será que Deus só quer o nosso coração?

Dizer que Deus só quer o coração é uma mentira de satanás, Deus fala que quer a santificação do nosso corpo alma e espírito.

(I Tessalonicenses 5 : 23) E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso SENHOR Jesus Cristo.

Sendo assim não podemos mais falar como o mundo, se vestir como o mundo, e viver como mundo, temos que andar em novidade de vida sendo luz para o mundo.

Amigos desculpem se alguém se ofendeu, mas eu ainda amo e tenho amor pela obra do senhor, por isto sou contra determinadas coisas dentro das igrejas.

Fonte: site conselhos do céu.

Ver perfil do usuário

27 Re: Ritmos mundanos na igreja , o q vcs acham??? em Dom Ago 24, 2008 12:47 am

DuCKCHaRLeS


Já sou frequente
Já sou frequente
eis q nada seja absolutamente CORRETO... tudo TENDENCIOSO!!! Cada qual puxa pro seu lado.

Ver perfil do usuário

MM


Isso aqui está viciando!
Isso aqui está viciando!
hahahahahahahaha, só rindo, um crente provavelmente fan da Lauriete querendo discutir rock and roll.
Só uma coisinha pseudo pesquisador que usou O WHIPLASH como fonte, rock and roll é muito mais amplo que isso, e se nós remontarmos ao início de tudo, o rock and roll veio muito antes desse fato que vc citou, mas como vc é mal informado e tem fontes PÍFIAS, jmais deve ter ouvido falar de Robert Johnson, ou seja, DANE-SE o termo, e viva e história, quando vc refizer de forma DECENTE a história do rock and roll, quem sabe eu te leve a sério?

Ver perfil do usuário

29 Re: Ritmos mundanos na igreja , o q vcs acham??? em Seg Ago 25, 2008 10:20 am

Valfrid


Admin
Admin
andersonasp06 escreveu:
Origem do rock

O "inventor" do termo rock and roll e grande responsável pela difusão do estilo foi o disk jokey Allan Freed, radialista de programas de rhythm and blues de Cleveland, Ohio, que primeiro captou e investiu na carência do público jovem consumista por um novo tipo de música mais energética e primeiro percebeu o potencial comercial da música negra.

O termo rock and roll era uma gíria dos negros americanos, referente ao ato sexual, presente inclusive em muitas letras de blues (a exemplo de My Daddy Rocks Me With a Steady Roll da cantora Trixie Smith, de 1922). Allan Freed foi o responsável por usar o nome sonoro para denominar o novo estilo musical em que estava investindo.
Blz.. ele cunhou o termo, mas acho que o MM já citou no post dele que o "buraco" é mais embaixo!!

andersonasp06 escreveu:Em 1951 Allan Freed criou o programa Moon Dog Show mais tarde renomeado para Moon Dog Rock and Roll Party ao mesmo tempo em que promovia festas de dança com o mesmo nome, movidas inicialmente a blues e rhythm & blues e mais tarde pelo ritmo que havia ajudado a definir e divulgar. Suas festas apesar dos constantes atritos e reclamações por parte das autoridades eram um sucesso. Tumultos lhe valeram dezenas de processos por incitação à violência.

Enquanto a juventude adotava o novo ritmo como sua marca registrada os adultos, principalmente das parcelas mais conservadoras da sociedade, a taxavam como causa de toda delinqüência juvenil... apesar do exagero dos protestos, não estavam de todo errados, o gosto pelo rock era realmente parte do estilo das gangues juvenis.
Para todos saberem que não falei por minhas palavras ou dei apenas minha o opinião, eu tirei este texto do http://whiplash.net/

Resumindo

- O termo rock and roll era uma gíria dos negros americanos, referente ao ato sexual,
O termo Rock & Roll do inglês também pode ser traduzido pelo Carpe Diem do latim, só porque é latim então deve ser "melhor" né?! Então...

andersonasp06 escreveu:- Tumultos durante shows de rock valeram dezenas de processos ao criador do ritmo por incitação à violência.
Engraçado, se você conversar, sem preconceitos, com seguranças de casas noturnas e casas de shows, verá que, em geral, eles preferem um show de Rock a pagade ou axé, porque tem muito menos confusão!!!

andersonasp06 escreveu:
- o gosto pelo rock era realmente parte do estilo das gangues juvenis.
Sério?! Isso é novidade do Séc. XX então?! Como se as músicas de cabaré (algumas presentes nos nossos hinários) não fossem "pano de fundo" para confusões em tempos passados!!!

andersonasp06 escreveu:
- Boa parte de grupos de rocks são consagrações a satanás, isto é provado.
Tem certeza?! Tem vários que os "crentes" encontram satanás até no nome, mesmo que o nome seja inocente. Não nego que o "estilo" satanista, trouxe muitos fãs para algumas bandas, porém, muitas são só "estilo" mesmo e não tem nada de satanista de fato!! Um exemplo disso é um vovôzinho expoente do Heavy Metal que é o Ozzy!!


andersonasp06 escreveu:
Seria um ritmo inspirado por Deus? Seria este um ritmo bom para ser adaptado a igreja?
Você quer dizer então que satanás tem o poder de criar também?! Interessante....

andersonasp06 escreveu:
A ORIGEM DO RAP

origem...

Onde surgiram os primeiros grupos de rap? Nas cadeias
Onde quase que unanimemente se ouve rap? Nas cadeias
Qual é o tema principal das "musicas"? A vida na cadeia
Tem certeza disso?! RAP é uma sigla, só para começar Rhythm And Poetry, ou seja, poesia musicada, como a maioria das músicas de qualquer estilo. Por mais que eu não goste dos rítimos utilizados por eles, não condeno, até porque EU não gosto, logo, é pessoal!

andersonasp06 escreveu:
TRECHOS DA MUSICA Segunda vinda a cura. apc 16

se liga Deus do RAP, se liga Deus da bola
se pá você desce e sobe aquele que pedia esmola

COMENTÁRIO: Quem disse que existe um deus do rap? Quem seria este "deus"? Seria satanás? porque Deus Jeová não é, Deus não quer que ninguém se dane e o meu Deus não trata ninguém de comedor de lixo, PORTANTO DEUS DO RAP ELE NÃO É.
Ah... então Deus não é Deus sobre todas as coisas?! O RAP Ele deixa de fora?! Interessante não?!

andersonasp06 escreveu:
TRECHOS DA MUSICA (fora quem usa) (ao cubo)

Brasil, conhecido como terra tropical, onde tem mulher bonita, futebol e tal,
alegria, folia a reveria carnaval, garotas nuas nas ruas, o que é normal virou cultural

COMENTÁRIO:Olha que termo horrível, onde se viu ficar citando coisas como estas em uma musica?
E porque você não coloca o resto da música onde ele condena isso?!

Vou colocar só o refrão para não ir muito longe!

Refrão
O quê você tem feito pra, mudar o seu país pra melhor ficar
O quê você tem feito pra, Mudar o seu país pra melhor

andersonasp06 escreveu:
Qual é seu contexto cultural?
Qual é seu valor estético?
Quão apropriada é ela para o louvor?
Qual é seu valor para o louvor?
Qual é seu valor como diversão?
Qual é seu valor educacional?
Qual é a mensagem desta peça musical?
1) É o contexto das massas, infelizmente a maior parte do país ainda é pobre e não tem acesso aquilo que a elite chama de cultura.
2) Não tenho opinião formada
3) Para louvor, no templo, não acredito ser apropriada, mas, por ter letras diretas e, geralmente de fácil entendimento, acho muito boa para evangelização, principalmente nas periferias, onde esse rítimo é dominante.
4) O Louvor não é a música, ou o rítimo, mas sim o seu coração. Se você consegue louvar apenas com música erudita, então para você não tem valor, mas tem muitos que são diferentes de você!
5) Eu não sou fã de RAP, mas, para quem gosta, é tão divertido quanto é pra mim um show de Rock ou MPB!
6) Educação tem várias frentes. Se for no quesito, língua portuguesa, blz, concordo que tem muitos erros, mas, os RAPs cristãos, geralmente tem lições sobre a vida cristão, o que é educativo, de certa forma!!
7) A mensagem depende da música, não do rítimo!


andersonasp06 escreveu:O que a musica deve ser na vida do cristão?
A música deve glorificar a Deus. Seja qual for a música que escolher para ouvir ou tocar, seja sagrada ou secular, deve ser para a glória de Deus. Sou músico e quando toco, tenho sempre que tentar oferecer meu melhor. Uma apresentação descuidada e sem preparo não honra a Deus. "Cristãos que desculpam sua mediocridade com racionalizações de auto-piedade parecem culpados de não entender a extensão do chamado de Deus em suas vidas.
Concordo, mas não vejo ligação disso com o rítimo!

andersonasp06 escreveu:A música deve ser apropriada. Enquanto um traje de banho é apropriado para a praia, não o é para a igreja. O mesmo princípio pode ser aplicado para a música. Nem todos os estilos de música são apropriados para todas as ocasiões, e alguns estilos podem nunca ser apropriados para o cristão. O que pode ser perfeitamente legítimo para uma melodia emotiva de canção de amor, pode não ser apropriado para um culto de adoração. O contexto é diferente. Deve a música de adoração concentrar-se no prazer emocional em lugar do louvor a Deus??? No nosso mundo dirigido pela diversão, devemos ser cuidadosos ao distingüir entre diversão e adoração. Adoração é o que oferecemos a Deus; diversão é um show com o propósito de entreter e distrair.
Eu trocaria aqui o cristão por templo. Nem todos os rítimos são apropriados para um culto no templo, até porque, lá se reúnem pessoas com idades, pensamentos e gostos diferentes, então, deve-se dar preferência a rítimos de maior aceitação entre todos, e isso varia de região para região, congregação para congregação!!

andersonasp06 escreveu:
Na década de 70 ouvia-se dos púlpitos das igrejas em geral, que o rock era uma música de procedência satânica, hoje, no entanto vemos o quanto este pensamento mudou, em qualquer loja cristã encontram-se inúmeros gêneros de música rock, desde heavy-metal-cristão até o punk-rock-cristão. A indústria do rock-cristão já se firmou de maneira surpreendente e praticamente em todas as principais denominações protestantes.
Antes disso, outros rítimos eram condenáveis!! Aliás, se é para voltar tanto ao passado, então tiremos os direitos das mulheres, a quem nem era permitido cantar nos coros e para isso existiam os Castrati. A história mostra que muitas vezes estivemos errados, ou seja, qualquer um de nós pode estar errado, só o futuro dirá e, como diz o ditado popular: "O futuro a Deus pertence"

andersonasp06 escreveu:
"É verdade que a música não é a melhor, mas é a maneira de chamar a atenção dos jovens do mundo," disse o ancião. Semelhantes afirmações anulam o principio bíblico que fala acerca de nossa relação com o mundo. Se adaptamos uma aparência mundana para atrair multidões, como poderemos mostrar o contraste entre o reino deste mundo e o Reino de Deus?
Quer dizer então que ser cristão é ser alienado!? Porque nesse mundo, também existem os políticos desonestos (vamos esquecer deles), também existem muitas outras coisas que não são boas!! Como já disse Paulo: "Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas me convém" O que convém ou não é particular e é também cultural/temporal. Nos tempos de Paulo, ele recomendava aos Corinthios que os homens mantivessem seus cabelos curtos e as mulheres, compridos, pois, naquele contexto, os homossexuais masculinos usavam cabelos compridos e os femininos cabelos curtos, então isso diferenciaria o cristãos dessas pessoas. Isso não vale para os dias de hoje, afinal, tem lésbicas que são extremamente femininas, usam maquiagem, salto alto, cabelos longos e tal e tem muito gay que usa terno e gravata, cabelo curto e barba bem feita!! Logo, se o "crente" tem que ser aquele cara com terno 2 números menor, barba feita e cabelinho curto, no que se difere desse gay do meu exemplo?! O mesmo vale para rítimos!!!

andersonasp06 escreveu:
Isto tudo aqui escrito prova que é o rock e rap é um ritmo do mundo inspirado por satanás que entrou para dentro da igreja, satanás em seu desejo ele tenta imitar tudo o que é de Deus, e logo após deturpar aquilo que Deus criou, Deus criou a música, e o diabo tenta copiar a sua criação e deturpá-la, será você consegue imaginar no céu os anjos com guitarra nas mãos e pulando ao redor do trono de Deus cantando rock? rsrs parece até piada imaginar isto não é? Será que você consegue encontrar alguém que em um show de rock tenha sido batizado com o espírito santo? Impossível, pois a rock foi feito para agitar o corpo e não para adorar e tocar no coração de Deus.
Como você leu na pagina citada sobre a história do rock, o estilo agitava e fazia parte de gangues juvenis, já a história do rap é de cadeieiros tentando legalizar o sexo, drogas, e incitação a violência através de palavrões horríveis. Foi provado a impossibilidade de ritmos como rock e rap este ter sido criados ou inspirados por Deus. Seria correto aceitar o mundo entrando dentro da igreja? Seria correto aceitarmos uma adaptação do mundo dentro da igreja? JAMAIS

Fonte: site conselhos do céu

======================================================
Preconceito não é de Deus também, e, aposto que se for feita a pergunta, como um amigo meu fez para um irmão da sua congregação quando o mesmo falou do rock como esse seu texto:

- "Irmão, rock não pode dentro da igreja né?!"
- "Não, claro que não"
- "Mas um forrózinho pode né"
- "Ah, claro, um forrózinho, pode"

Isso mostra que os rítimos são preferências!! Que diferença faz louvar com Rock, Pagode, RAP, Forró, Axé, Música Erudita, Samba, Bossa Nova, Jazz, MBP ou qualquer outro rítimo se o louvor está em nossos corações?!


_________________
Vídeos da Banda Pinprick: http://br.youtube.com/user/pinprickband

Ver perfil do usuário http://newfgm.forumeiros.com

30 Re: Ritmos mundanos na igreja , o q vcs acham??? em Seg Ago 25, 2008 10:36 am

Valfrid


Admin
Admin
andersonasp06 escreveu:
Falam como o mundo - Será que seria correto os lideres e os membros de uma igreja falar gírias e ter um palavreado totalmente ligado ao
palavreado do mundo? Seria conveniente falar em gírias o tempo todo e
inclusive em um culto de adoração a Deus?

Tito 2:7 e 8 Em tudo te dá por exemplo de boas obras; na doutrina
mostra incorrupção, gravidade, sinceridade,
Linguagem sã e irrepreensível, para que o adversário se envergonhe, não
tendo nenhum mal que dizer de nós.

A palavra diz: Linguagem sã e irrepreensível, será que eu entrar na
igreja gritando: É isso ai galeraaa, jc na veia, vamos tira o pé do
chão maluco, adora o cara lá de cima.
Irrepreensível é uma linguagem sem palavras de baixo calão. Imagine para você atingir um "público" de semi-analfabetos, como é a realidade de muitas igrejas, e você começar o culto com a seguinte frase:

- Boa Noite amados compartilhadores da Graça Celestial que nós fraterna em irmandade perante nosso Senhor e Salvador mediante a sua espiação divina.

Isso aliás, é algo que eu escrevi. Agora, se é para ser irrepreensível no formato que você propõe, vamos então colocar apenas eruditos em nossos púlpitos. Quem não tiver cursado, ao menos uma faculdade, dane-se se não entender, porque não podemos usar gírias ou palavras mais populares pois elas são condenáveis!

andersonasp06 escreveu:
Agora algumas destas novas igrejas de movimentos gospel tem até pista de skate dentro da igreja, outras tem até grafites na parede, e existe agora até igreja com uma prancha no lugar de um púlpito.
Vemos mais uma vez atitudes contrárias ao que ensina a palavra de
Deus.

Mt 21:13 E disse-lhes: Está escrito: A minha casa será chamada casa de
oração; mas vós a tendes convertido em covil de ladrões.

Is 56:07b. 7 Também os levarei ao meu santo monte, e os alegrarei na
minha casa de oração; os seus holocaustos e os seus sacrifícios serão
aceitos no meu altar; porque a minha casa será chamada casa de oração
para todos os povos.

Deus disse que sua casa seria uma casa de oração e não de baderna, onde entra jovens de bermuda falando gírias carregando skats e pranchas para os cultos.

Entram vestido de qualquer forma no culto
Entrar na casa do senhor vestido de qualquer maneira seria certo? I Tm 2:09 Ez 44:17
Onde na bíblia diz que usar bermuda é errado ou indecente?! Isso é cultural!! É a mesma coisa que eu que trabalho em Sampa e durante muitos anos tive que usar Terno e Gravata, pois as pessoas enfiaram na cabeça que, mesmo num país tropical, num verão, sob o sol de 40C, essa é a vestimenta adequada!!
Quer dizer que os escoceses então, se forem a igreja com seus tradicionais Kilts estarão em pecado, pois saia é roupa de mulher?! Na cultura deles não é!!!

andersonasp06 escreveu:Onde é que esta sociedade pós modernista irá parar, onde é que o
relativismo moral chegará da maneira que estamos caminhando? O povo
esta perdendo o temor a Deus, o zelo pela casa do senhor já não esta
quase nem existindo, estas igrejas novas que estão abrindo, em algumas
delas até de bermuda os músicos podem subir no altar, os pastores já
não precisam nem se vestir com decência, basta subir no púlpito
de bermuda, camiseta regata e gritar... jc na veia, depois disto é só mandar o regue ou rock pra galera agitar e pular, em outros termos usados alguns deles dizem: Vamos mexer as cadeiras, tira o pé
do chãooooooooooooooooooo.
Novamente, onde diz que Terno e Gravata é a única vestimenta decente?! Concordo que não devemos chocar, pois a própria bíblia nos diz para não fazer tropeçar a um irmão, porém, num verão brasileiro, imagine em Fortaleza por exemplo, um pastor ser obrigado a subir no púlpito de terno e gravata é um castigo. Não quer escandalizar, blz... uma calça muito leve, e uma camisa de mangas curtas, com as quais, aliás, não se usa gravata, caso não saiba!!

andersonasp06 escreveu:Gostaria de pedir perdão a todos que talvez estão se ofendendo com as
minhas palavras, mas a verdade é que se fosse no velho testamento muitos legalistas morreriam fulminados ao entrar na igreja de determinadas maneiras.
As pessoas dizem: Estamos no tempo da graça. Mas me perdõem pessoal, o Deus do velho testamento continua o mesmo do novo, ele não mudou, seu caráter continua o mesmo, a única diferença é que ele não mata a pessoa de imediato como no velho testamento, pois Jesus morreu na cruz para que pudéssemos ter acesso a misericórdia de Deus.

Porém de forma indireta o homem morre como antes, só que agora a morte é espiritual, muitos estão mortos espiritualmente em nossas igrejas já faz tempo, mas alguns ainda não perceberam.

A pergunta que eu faço é: Deus mudou? O caráter de Deus mudou do velho para o novo testamento? Não mudou de forma alguma, ele continua sendo o mesmo Deus zeloso por sua casa, ele ainda ama a reverencia nos cultos, ele não mudou..

No passado os sacerdotes tremiam ao entrar no templo, porque se
entrasse com qualquer pensamento impuro já morria, eles tinham que
entrar até com uma corda amarrada na cintura porque se o sujeito
demorasse a sair os seus amigos sacerdotes já percebiam que o sacerdote tinha morrido lá dentro, sendo assim eles puxavam o sacerdote morto pela corda.

Hoje em dia? Hoje em dia muitos dizem viver na graça. O viver no tempo da graça para muitos significa agora poder entrar na igreja de bermuda e afins, alguns dizem que todo o fardo foi levado por Jesus, agora podemos falar igual ao mundo, se vestir igual ao mundo que não tem problema, afinal Jesus morreu na cruz para que hoje pudéssemos viver de qualquer maneira no evangelho, SERÁ MESMO QUE VIVER NO TEMPO DA GRAÇA É PODER VIVER EXATAMENTE O MUNDO VIVE? SERÁ QUE VIVER NO TEMPO DA GRAÇA É SÓ DEIXAR DE BEBER E FUMAR E A SALVAÇÃO ESTA GARANTIDA?

Mas como fica as palavras de Deus quando disse a Moises: Tira as sandália dos seus pés porque o lugar que pisa é santo, será que a casa do senhor não esta valendo mais nada? Será que o lugar que é consagrado para adoração só foi santo no tempo de Moises e hoje já não é mais? Será que Deus não é mais digno de reverencia no templo que foi consagrado para sua adoração?

Quando falamos em casa do senhor deveríamos temer e tremer, e não
entrar na igreja mascando chicletes e conversando o culto inteiro,
quando falo isto eu não estou falando de uma igreja em especifico, mas estou falando do comportamento de cada um de nós quando vamos a casa do senhor.

Olha sinceramente, eu gostaria que João batista, AQUELE MESMO DA BÍBLIA vivesse nos dias de hoje, eu gostaria também que ele participasse de um desses cultos em determinadas igrejas, se possível gostaria que ele tivesse no mínimo uma saudação, quando ele pegasse no microfone eu sei exatamente o que João batista diria (Mateus 3:7)

Eu sei que serei odiado por alguns pelas minhas palavras, receberei várias criticas a respeito do que escrevi , mas eu ainda tenho zelo pelas coisas do senhor, e não aceito fazerem do templo santo do senhor uma casa de diversão.

Falar, se vestir, e se portar da mesma forma que o mundo faz não vem do senhor, será que Deus só quer o nosso coração?

Dizer que Deus só quer o coração é uma mentira de satanás, Deus fala que quer a santificação do nosso corpo alma e espírito.

(I Tessalonicenses 5 : 23) E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso SENHOR Jesus Cristo.

Sendo assim não podemos mais falar como o mundo, se vestir como o mundo, e viver como mundo, temos que andar em novidade de vida sendo luz para o mundo.

Amigos desculpem se alguém se ofendeu, mas eu ainda amo e tenho amor pela obra do senhor, por isto sou contra determinadas coisas dentro das igrejas.

Fonte: site conselhos do céu.
Bom, vamos sintetizar!! Sim, Deus é imutável e é o mesmo do VT, porém, se é assim, vamos voltar a sacrificar cordeiros, pq o cordeiro de Deus não mudou tudo?!

Cara, veja bem, leia os textos com contexto!! No VT, Deus se mostrava em um LUGAR, e aquele LUGAR era santo, agora Deus habita em NÓS, e nós devemos ser santos.

Antes, Deus deveria ser adorado no templo, ou no Tabernáculo, se quiser voltar um pouco mais, porém, no NT já é dito que, onde 2 ou 3 se reunirem em nome dEle, ali ele estará!! Isso não é obrigatoriamente o templo, pode ser uma sala de aula onde alunos se juntaram para orar, num parque onde as pessoas se encontraram para evangelizar ou qualquer outro lugar!!


_________________
Vídeos da Banda Pinprick: http://br.youtube.com/user/pinprickband

Ver perfil do usuário http://newfgm.forumeiros.com

31 Re: Ritmos mundanos na igreja , o q vcs acham??? em Seg Ago 25, 2008 11:17 am

vivicki


Moderadores
Moderadores
Imaginei o Valfrid cantando RAP...
AhuaHUAha

E nada haver essa história de que em show de rock o povo não adora e blabla..
Na Marcha pra Jesus desse ano, foi muito mais edificante pra mim os shows de rock do que ter que ficar ouvindo o Pr. Marcos-eu-sou-profeta-vocês-não Feliciano.


_________________
Ver perfil do usuário

Valfrid


Admin
Admin
É isso aí prima... Cabeludo Val na área certo...

É nóis para cantar um RAP muita treta aqui tá ligada!

eahueahaeuheaueaheauehaueaheauhaeu


_________________
Vídeos da Banda Pinprick: http://br.youtube.com/user/pinprickband

Ver perfil do usuário http://newfgm.forumeiros.com

Claustrospelunker


Chegando agora
Chegando agora
pq não usou a parte cristã do whiplash

onde fala do surgimentos das bandas cristãs?




não interessa né.

Ver perfil do usuário

34 Re: Ritmos mundanos na igreja , o q vcs acham??? em Seg Ago 25, 2008 11:05 pm

Valfrid


Admin
Admin
É aquilo, para tentar "forçar" o que ele quer mostrar, ele omite o que não interessa mostrar!!!

Tendencioso?! Imagina!


_________________
Vídeos da Banda Pinprick: http://br.youtube.com/user/pinprickband

Ver perfil do usuário http://newfgm.forumeiros.com

35 Re: Ritmos mundanos na igreja , o q vcs acham??? em Ter Ago 26, 2008 12:08 am

DuCKCHaRLeS


Já sou frequente
Já sou frequente
Valfrid escreveu:É aquilo, para tentar "forçar" o que ele quer mostrar, ele omite o que não interessa mostrar!!!

Tendencioso?! Imagina!

DuCKCHaRLeS escreveu:eis q nada seja absolutamente CORRETO... tudo TENDENCIOSO!!! Cada qual puxa pro seu lado.

Ver perfil do usuário

Gui


Isso aqui está viciando!
Isso aqui está viciando!
hmmm...preguiça de ler td isso!!

Meu filho que criou o tópico, quem inventou a música?

Ver perfil do usuário

Graci


Isso aqui está viciando!
Isso aqui está viciando!
Como fala uma frase por aí: JESUS na VEIA, ROCK na OREIA!!!

Razz

Ver perfil do usuário

Enayluj


Chegando agora
Chegando agora
qdo eu ler o post todo dou uma resposta melhor, mas pra adiantar minha opnião geral: não interessa como começou, o que importa é como é usado agora.
Sabe aquele iô-iô que vocÊ deu para o seu filho, ou sobrinho, ou vizinho criança? a bem pouco tempo atrás ele era instrumento de guerra assim como o peão... isso, o mesmo peão que seu pai ja brincava qdo pequeno e certamente comprou algum pra vc na feira... então isso nem devia entrar na discução, a expressão atraves de ritmos é uma coisa efemera demais para ser julgada pelas suas raizes.

Agora, o que deve entrar na casa do Papai? Tudo que lhe preste reverencia.
Como você convida o Espirito Santo a testificar a verdade do evangelho batendo cabeça e gritando?? Como você ora ao Pai por sabedoria e nem se da ao trabalho de buscar a sabedoria que ele ja deu e esta a sua volta (como nas escrituras, por exemplo).
Você gosta de rock? legal, eu também. canto e ja fiz show e tudo, mas que tipo de sentimento as musicas que vc ouve te trazem? paz? aumentam sua critica sobre os erros do mundo ou tem sugestões? Te dão vontade de bater no seu irmão e chutar o gato??

eu ja deixei de ouvir alguma musicas porque achei ela muuito tristes, me deprimiam. outras porque faziam mençao ao meu Pai de forma desrespeitosa. algumas eu pude relevar, e todas eu respeito como uma manifestação no nível de maturidade humana em diferentes condições de pensamento, e isso não deve ser despresado.

Ver perfil do usuário

39 Re: Ritmos mundanos na igreja , o q vcs acham??? em Ter Nov 04, 2008 10:48 am

Rafer


Chegando agora
Chegando agora
sobre o ritmo de musica e tal, tenho minhas criticas mais não posso julgar...
pq Deus tem suas maneiras de trabalhar,...

apesar que algumas coisas estão exagerados d+, posso citar até msm o baile e tals, eu mesmo já fui em alguns baile gospel, teve um q achei muito estranho não gostei, e agora teve outro que fui, foi tranqüilo sem muito exagero, o pessoal tava com sua família e tal,...

até acho q tem uma galera promovendo eventos gospel só pra faturar, pq sabe q nesse ramo está dando dinheiro, na verdade nem são evangelicos.

isso escrevo q pode ser alguns, não todos, agora como citei q fui em um eventos desses q foi agradavel, e acho realmente q pessoas de boa intenção tb promovem esses eventos...

Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 2 de 2]

Ir à página : Anterior  1, 2

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum