Forum Gospel Mania

Fórum Gospel Mania, o ponto de encontro dos evangélicos


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Saul e a pitonisa de En-dor

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Saul e a pitonisa de En-dor em Sex Fev 13, 2009 10:08 am

Mineirinho


Já sou frequente
Já sou frequente
O relato de I Samuel 28:7-25 tem levado muitos a citarem esta experiência como uma prova do estado de consciência na morte. Os versículos que narram a história do rei Saul e a médium de en-dor, tem causado muita confusão e deixado muito crente sem conhecimento da Palavra de calças nas mãos, quando confrontado por seguidores da doutrina espírita, que pregam e defendem a comunicação entre vivos e mortos.

Esta narrativa é verdadeiramente dramática e o autor inspirado não detém a sequência da ação para uma exposição doutrinária. É necessário, portanto, conhecer todo o contexto e as circunstancias que envolveram o incidente, bem como todas as verdades dadas em outras partes da Bíblia, para compreender se o pleno significado da história desta sessão espírita registrada nas Escrituras.

Mas e aí, no ocorrido quem “baixou” ali, Samuel ou um espírito enganador?

Ver perfil do usuário

2 Re: Saul e a pitonisa de En-dor em Sex Fev 13, 2009 6:58 pm

Valfrid


Admin
Admin
Preciso ler o texto novamente para opinar!!


_________________
Vídeos da Banda Pinprick: http://br.youtube.com/user/pinprickband

Ver perfil do usuário http://newfgm.forumeiros.com

3 Re: Saul e a pitonisa de En-dor em Sex Maio 15, 2009 8:34 pm

jjbrazil


Chegando agora
Chegando agora
com certeza foi um espírito de engano... 1º porque o próprio Deus disse que não se achasse entre o povo necromante (Lv 19.31 - Dt 18.11)
2º deixo Isaias falar "Quando, pois, vos disserem: Consultai os que têm espíritos familiares e os adivinhos, que chilreiam e murmuram: Porventura não consultará o povo a seu Deus? A favor dos vivos consultar-se-á aos mortos?" Is 8.19
3º o suposto profeta disse que "o SENHOR entregará também a Israel contigo na mão dos filisteus, e amanhã tu e teus filhos estareis comigo; e o arraial de Israel o SENHOR entregará na mão dos filisteus." 1 Samuel 2.19 mas se vê mais na frente que "da idade de quarenta anos era Is-Bosete, filho de Saul, quando começou a reinar sobre Israel, e reinou dois anos; mas os da casa de Judá seguiam a Davi." 2 Samuel 2.10... ou seja, o suposto profeta ERROU ao profetisar que os filhos morreriam com ele. Samuel NUNCA falhou em suas palavras, ou seja, não era ele quem falava.

Ver perfil do usuário

4 Re: Saul e a pitonisa de En-dor em Ter Set 15, 2009 3:01 pm

azzi


Chegando agora
Chegando agora
O que vcs me dizem sobre este artigo abaixo?


É possível a comunicação com os mortos?
Estes versículos bíblicos abaixo dizem que NÃO, observe:

(Eclesiastes 9:5 a 6) Porque os vivos sabem que hão de morrer, mas os mortos não sabem coisa nenhuma, nem tampouco terão eles recompensa, mas a sua memória fica entregue ao esquecimento. (6) - Também o seu amor, o seu ódio, e a sua inveja já pereceram, e já não têm parte alguma para sempre, em coisa alguma do que se faz debaixo do sol.

(Eclesiastes 9:10) Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças, porque na sepultura, para onde tu vais, não há obra nem projeto, nem conhecimento, nem sabedoria alguma.

(Eclesiastes 12:7) E o pó volte à terra, como o era, e o espírito volte a Deus, que o deu.

(Jó 17:1) O meu espírito se vai consumindo, os meus dias se vão apagando, e só tenho perante mim a sepultura.

(Salmos 115:17) Os mortos [espirituais] não louvam ao SENHOR, nem os que descem ao silêncio [sepultura].


Observe também que estes versículos bíblicos abaixo dizem que a comunicação com mortos não é possível, a não ser que eles voltem a ter vida terrena, ou seja, ressuscitem, observe:

(Salmos 88:10 a 12) Mostrarás, tu, maravilhas aos mortos, ou os mortos se levantarão e te louvarão? (11) - Será anunciada a tua benignidade na sepultura, ou a tua fidelidade na perdição? (12) - Saber-se-ão as tuas maravilhas nas trevas, e a tua justiça na terra do esquecimento?

(Daniel 12:2) E muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para vida eterna, e outros para vergonha e desprezo eterno.

(Lucas 16:30) E disse ele: Não, pai Abraão; mas, se algum dentre os mortos fosse ter com eles, arrepender-se-iam. (31) - Porém, Abraão lhe disse: Se não ouvem a Moisés e aos profetas [ou seja, bíblia sagrada], tampouco acreditarão, ainda que algum dos mortos ressuscite.


Um exemplo acontecido de ressurreição é o de Lazaro que estava morto a quatro dias e já cheirava mal e voltou a ter vida terrena, veja:

(Jo 11:39).  Disse Jesus: Tirai a pedra. Marta, irmã do defunto, disse-lhe: Senhor, já cheira mal, porque está morto há quase quatro dias.

Porem existe outra passagem bíblica que (supostamente) relata a invocação e comunicação do espírito do falecido profeta Samuel através de uma médium [vidente], a pedido do rei de Israel, Saul, observe:

(1 Samuel 28:3 a 19)
(3) E Samuel já estava morto, ... - E perguntou Saul ao Senhor, porém o Senhor não lhe respondeu, nem por sonhos, nem por Urim, nem por profetas. (7) - Então disse Saul aos seus criados: Buscai-me uma mulher que tenha o espírito de feiticeira, para que vá a ela, e consulte por ela....(11) Então lhe disse a mulher: Quem te farei subir. Respondeu Saul: Faze-me subir Samuel. (12) Vendo a mulher a Samuel, gritou em alta voz, e a mulher disse a Saul: Porque me enganaste? Tu mesmo é Saul. (13) - E o rei lhe disse: Não temas; que é que vês? Então a mulher disse a Saul: Vejo deuses [Elohim] que sobem da terra. (14) - E lhe disse: Como é a sua figura? E disse ela: Vem subindo um homem ancião, e está envolto numa capa. Entendendo Saul que era Samuel, inclinou-se com o rosto em terra, e se prostrou. (15) – Samuel disse a Saul: Por que me inquietaste, fazendo-me subir? Então disse Saul: Mui angustiado estou, porque os filisteus guerreiam contra mim, e Deus se tem desviado de mim, e não me responde mais, nem pelo ministério dos profetas, nem por sonhos; por isso te chamei a ti, para que me faças saber o que hei de fazer. (16) - Então disse Samuel: Por que, pois, me perguntas a mim, visto que o Senhor te tem desamparado, e se tem feito teu inimigo? (17) - Porque o Senhor tem feito para contigo como pela minha boca te disse, e o Senhor tem rasgado o reino da tua mão, e o tem dado ao teu próximo, a Davi. (18) - Como tu não deste ouvidos à voz do Senhor, e não executaste o fervor da sua ira contra Amaleque, por isso o Senhor te fez hoje isto. (19) - E o Senhor entregará também a Israel contigo na mão dos filisteus, e amanhã tu e teus filhos estareis comigo; e o arraial de Israel o Senhor entregará na mão dos filisteus.


Primeiro vamos entender como é que se interpreta uma passagem bíblica sem isolar versículos bíblicos. A bíblia é constituída de livros doutrinários e livros históricos e é dividida em Antigo e Novo Testamento (AT e NT). No AT temos:

LIVROS DOUTRINÁRIOS: - No AT os livros doutrinários são divididos em 3 classes, a saber: Leis dadas a Moises [Torah] ou Pentateuco [Gn, Ex, Lv, Nm, Dt], Livros dos Profetas [Is, Jr, Lm, Br, Ez, Dn, Os, Jl, Am, Ab, Jn, Mq, Na, Hc, Sf, Ag, Zc, Ml] e Livros de Sabedoria divina chamados Sapienciais [Jô, Sl, Pv, Ec, Ct].

LIVROS HISTORICOS: - Josué- Juízes- Rute- 1º Samuel- 2º Samuel- 1º Reis- 2º Reis- 1º Crônicas- 2º Crônicas- Esdras- Neemias e Ester. (Lembrete: os livros históricos retratam a historia do povo de Deus de uma forma resumida, porem, autentica)

No NT temos os Evangelhos [doutrinários], Atos dos apóstolos [histórico] e as cartas doutrinarias incluindo o profetico apocalipse.

O AT é sombra do NT [conf. Hb 10], portanto, a bíblia deve ser interpretada como um todo e sem contradição.

Um exemplo básico de seqüência de interpretação é esta: Deus proíbe, no livro doutrinário Deuteronômio 18: 11 da Lei Mosaica [Torah], a comunicação com mortos, e também mostra, no livro doutrinário sapiencial  Eclesiastes 9: 5, 6 e 10, o porque desta proibição, e em seguida da um exemplo no livro histórico de 1Samuel 28, onde Saul é enganado por um anjo impostor (demônio) o qual se faz passar como sendo o espírito do santo profeta Samuel, pois, é o que acontece quando ignoramos as regras de Deus contidas nos livros doutrinários.

Um outro exemplo seria Josué 10: 12-13, observe:
(12) Então Josué falou ao Senhor, no dia em que o Senhor entregou os amorreus na mão dos filhos de Israel, e disse na presença de Israel: Sol, detém-se sobre Gibeão, e tu, lua, sobre o vale de Aijalom.
(13) E o sol se deteve, e a lua parou, até que o povo se vingou de seus inimigos. Não está isto escrito no livro de Jasar? O sol, pois, se deteve no meio do céu, e não se apressou a pôr-se, quase um dia inteiro.


Você acredita que o Sol e a Lua é quem pararam de fato?
Não, eu creio que não!, Na verdade foi o planeta Terra é quem parou de fato.

Mas o escritor registrou la no livro de Josué 10: 12-13, que foi o sol e a lua que pararam! E agora? Como fica esta contradição?
Ora, é uma questão de coerência, no livro histórico de Josué, o “escritor” registrou a ocorrência segundo a ótica do “personagem Josué”, e não dele!

Assim como no livro histórico de 1Samuel 28 o “escritor” registrou a ocorrência segundo a ótica do personagem  “rei Saul”, e não dele! Portanto, não há contradições, é apenas uma questão de saber ler a bíblia como um todo em harmonia.

Portanto, não confunda, livros históricos são só livros históricos e os escritores não são profetas, apenas escribas, e não expressam opinião alguma sobre a historia, pois, são imparciais. Livros doutrinários são só livros doutrinários. O objetivo dos livros históricos é de registrar, através de boletins de ocorrências ao longo dos tempos, os atos do povo de Deus e suas conseqüências, independente se estes atos estão ou não em conformidade com a Palavra de Deus contida nos livros doutrinários {Pentateuco, Proféticos e Sapienciais], com o objetivo de nos alertar, e servir de referencia e exemplo de que sempre colheremos o que plantarmos, sejam semeaduras boas ou más. Portanto, entenda que o propósito de estar registrado na bíblia, em 1Sm 28, esta comunicação do rei Saul com o suposto espírito de Samuel através de um médium, é para mostrar um mau exemplo e suas conseqüências.

Há quem diga que aquele espírito era de Samuel porque o escritor escreveu em 1Sm 28: 12, desta forma: ”Vendo a mulher a Samuel”, mas ignoram que, no versículo anterior, em 1Sm 28: 11, fica claro que foi o próprio rei Saul que induziu e solicitou para a médium fazer subir o espírito de Samuel, e não o escritor, ou seja, o escritor não tem nada a ver com isso, apenas chamou aquele espírito de Samuel segundo a ótica de Saul, não que o escritor acreditava ser o espírito de Samuel.

A questão é que o escritor não expressa a sua opinião quando registra as ocorrencias historicas, tal como um escrivão de uma delegacia não registra sua opinião com relação a ocorrencia que esta lavrando, ou seja, tanto o escrivão de delegacia como o escrivão biblico de 1Samuel 28 não expressão opinião alguma, simplesmente registram as ocorrencias na otica dos personagens, não concordam ou discordam absolutamente de nada, são imparciais, apenas escrevem e pronto, pois isso é a função autentica de qualquer escrivão, agora, no caso de 1Samuel 28, lembre-se que o AUTOR do livro é DEUS e não o escrivão biblico. Mas quando o escrivão biblico torna-se parte do cenário e expressa a sua opinião o livro se torna apócrifo.

Assim como nós, quando estamos dormindo e sonhamos, não temos conciencia do que se passa ao nosso redor, da mesma forma o falecido profeta Samuel, que estava literalmene dormindo e sonhando na paz do Senhor no seio de Abraão (Daniel 12:2 e Lucas 16), não tem conciencia alguma do que se passa ao redor dele (Eclesiastes 9:5 a 6 e 10), ou seja, o espirito do falecido profeta Samuel nunca ouviu a vidente chama-lo para ter com Saul, portanto, aquele espirito era um impostor.


Ora, se Deus recusou-se a atender Saul pelas vias normais [através do profeta Samuel em vida], porque o faria pelas vias que Ele, o próprio Deus, condenava, a invocação do falecido profeta Samuel? Mudara Deus de idéia a respeito de Saul ou em relação a vidente quebrando a sua própria Palavra? É obvio que não! E se Ele não mudou de idéia, quem apareceu a Saul não foi o porta voz de Deus, o espírito do falecido profeta Samuel, mas, um impostor tentando se passar por Samuel.

De acordo com Deuteronômio 18: 22, as profecias devem ser julgadas. E as do suposto espírito de Samuel não resistem ao exame, são ambíguas, imprecisas e superficiais:

1) - Saul não foi entregue nas mãos dos filisteus [conf. 1Sm 28], mas se suicidou [conf. 1Sm 31: 4], vindo parar mais tarde nas mãos dos homens de Jabes-gideade [1Sm 31: 11-13].
2) - Não morreram todos os filhos de Saul, como insinuava a tal profecia dada pelo suposto espírito de Samuel [1Sm 28: 19]. Ficaram vivos pelo menos 3 filhos de Saul: Isbosete [2Sm 2: 8-10]; Armoni e Mefi-bosete [2Sm 21: 8]. Apenas 3 morrerão, como esta registrado em 1Sm 31: 6, e 1Cr 10: 2-6.

É inaceitável que Samuel, homem reto e santo enquanto vivo, depois de morto viesse a obedecer a uma mulher abominável, numa pratica proibida por Deus, tal como demonstra estes versos: Ex 22:18; Lv 19:31; Lv 20:27; Dt 18: 9-12; Is 8: 19-20; Is 47: 13.

Observe que no verso de 1Sm 28: 15, o suposto espírito do falecido profeta Samuel disse que Saul o fez subir para aconselhar-se com ele, sendo que, o verso de Jó 7: 9 a 10 contraria 1Sm 28:15 dizendo:

(Jó 7:9 a 10) Assim como a nuvem se desfaz e passa, assim aquele que desce à sepultura nunca tornará a subir. (10) - Nunca mais tornará à sua casa, nem o seu lugar jamais o conhecerá.

Outro verso de Jó 14: 10 a 12, também contraria 1Sm 28:15 dizendo:

(Jó 14:10 a 12) Porém, morto o homem, é consumido; sim, rendendo o homem o espírito, então onde está ele? (11) - Como as águas se retiram do mar, e o rio se esgota, e fica seco, (12) - Assim o homem se deita, e não se levanta; até que não haja mais céus, não acordará nem despertará de seu sono.

Não se pode conceber que Deus, uma vez tendo proibido a feitiçaria e a consulta aos mortos [necromancia], favorecesse depois tais praticas, permitindo que o espírito do falecido profeta Samuel viesse falar com Saul. Entenda uma coisa, Satanás é o pai da mentira e ele precisa te ocupar com a mentira e fazer você crer a todo custo na mentira como se fosse a verdade.

Como os espíritas não reconhecem Jesus como sendo DEUS E CRIADOR, mas somente como CRIATURA HUMANA perfeita, adotam, para provar a possibilidade de comunicação entre vivos e mortos, o monte da transfiguração de Jesus, onde aparecem as CRIATURAS humanas, os mortos Moisés e o profeta Elias, falando com o CRIADOR E DEUS, Jesus [conf. Lc 9: 28 a 36]. Quando na verdade aquele acontecimento nada mais foi que uma visão atemporal de confirmação do Pai celestial aos apóstolos (=criaturas) de que Jesus era de fato o filho de Deus (=Deus=Criador), o Messias esperado e anunciado nos escritos mosaicos [Moisés] e nos escritos proféticos [Elias].

Portanto não tem nada a ver com comunicação das já mortas criaturas, Moisés e Elias, com o vivo Criador e Deus Jesus. Ora, Jesus é Deus, é a Vida, e tudo pode!, portanto, quem morreu na cruz foi o personagem Cordeiro Jesus e não o Deus Jesus. E quanto aos vivos apóstolos, por acaso eles se comunicaram com os mortos Moisés e Elias alguma vez?. Literalmente nunca!

Muitos adotam também este versículo do livro apócrifo (pseudo-bíblico) de Eclesiástico 46:23 para provar que é possível a comunicação com os mortos, mas, não levam em consideração que este livro (Eclesiastico) não faz parte tanto do Canon sagrado judaico como tambem do primitivo canon cristão.

(Eclesiástico 46:23) Mesmo Depois de morrer Samuel profetizou, anunciou ao rei o seu fim;Do seio da terra ele elevou a sua voz para profetizar,para apagar a iniquidade do povo.

Certa vez me questionaram desta forma:

Pois bem, por qual motivo Deus proibiria a necromancia? Não faz sentido alguém proibir algo que não seja possível. É como se Deus ordenasse: "a partir de hoje estão todos proibidos de atravessar paredes!". Poxa, beleza, não atravesso mais paredes.

Como todos seus argumentos tem controvérsias, toda sua base bíblica para provar seu argumento pode ser questionada pela própria bíblia.

Então chegamos a um grande problema: Temos 2 pontos de vista diferentes. Você consegue provar que não é possível se comunicar com mortos usando a bíblia e eu também consigo provar que é possível se comunicar com mortos usando a mesma bíblia.

Te pergunto: E aí???

Então eu respondi:

Meu amigo, seguindo a tua linha de raciocínio, pergunto: Neste versículo abaixo (Ex 20:3) fica claro que, pelo fato de Deus proibir outros deuses, existem de fato outros deuses? Observe:

(Êxodo 20:3) - Não terás outros deuses diante de mim.

Uehhhh!!!! Neste versículo abaixo (Is 44:6) Deus deixa bem claro que Ele é o primeiro e o último, e fora dEle não há Deus. E ai? Deus se contradiz ou é falta de interpretação de tua parte? Observe:

(Isaías 44:6) - Assim diz o Senhor, Rei de Israel, e seu Redentor, o Senhor dos Exércitos: EU SOU O PRIMEIRO, E EU SOU O ÚLTIMO, E FORA DE MIM NÃO HÁ DEUS.

Então chegamos a uma grande conclusão: Temos 2 pontos de vista diferentes. Você NÃO consegue provar que é possível a comunicação com mortos usando a bíblia e eu consigo provar que NÃO é possível a comunicação com mortos usando a mesma bíblia. E ai???


Quando Satanás e seus demônios se camuflam e operaram, com ou sem seus [falsos] profetas e sacerdotes, sinais prodigiosos sobrenaturais rotulados como se estes sinais viessem de fato, ora pela comunicação com os mortos, ora pelos ídolos, ora pelos astros, ora pelas imagens esculpidas, ora por qualquer seguimento ocultista [cartomante, búzios, simpatias, sonhos, cristais, amuletos, agouro, etc], ele literalmente ilude e cega o entendimento das pessoas, levando-as a crerem nestas abominações, a ponto delas não crerem ou aceitarem totalmente ou parcialmente as escrituras sagradas como regra de conduta e fé!

Ou seja, tal como ocorre desde a antiguidade até nos dias de hoje, quem, sem consultar as escrituras sagradas, se acomoda em crer e tirar proveito destas comunicações abomináveis, as quais Deus as chamou genericamente de [falsos] deuses [pois  eram vistas pelos povos pagãos como se fossem deuses], caiu na armadilha de Satanás e não se salvará! Se não há nada de mal em consultar e prestar culto a estas abominações [deuses], então qual é a razão de Deus proibir? Este é que é o ponto!.

Os astros existem, mas o problema é a entidade espiritual que faz uso dos astros para você crer que os astros são deuses que agem a teu favor .

Os mortos existem, mas o problema é a entidade espiritual que faz uso dos nomes dos mortos [que estão inativos e dormem] para você crer que os mortos são deuses que agem a teu favor, tal como a vidente acreditava que o espírito do (suposto) profeta Samuel era deuses [elohim] conforme registrado em 1Sm28:14.

As imagens esculpidas existem, mas o problema é a entidade espiritual que faz uso das imagens para você crer que as imagens são deuses que agem ao teu favor.

Por isso Deus, para que míngüem no dia do juízo final venha com a desculpa de que foi enganado for falta de orientação, Deus simplesmente proibi! Não que tais deuses existam de fato!


Na verdade, Satanás e seus demônios são os quem existem de fato, não os deuses!, Satanás é REAL!, o resto é que são ilusões para atrair e afastar, de uma forma cômoda e sedutora, as pessoas da Verdade que é a Palavra do único e verdadeiro Deus, que é Jesus (cf. Jo 1:1 e 14). Agora, a partir do momento que você entender as estratégias de Satanás, e invocar o nome do Senhor, você será salvo e protegido destas armadilhas.

Só para você ter uma idéia da dimensão desta estratégia diabólica, de acordo com a bíblia sagrada, você sabia que nem todo sinal prodigioso e milagre provem de Deus? Observe:

(Mateus 24:24) Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios [milagres] que, se possível fora, enganariam até os escolhidos.

(2 Tessalonicenses 2:9) A esse cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás, com todo o poder, e sinais e prodígios de mentira [milagres],  (10) -  E com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade para se salvarem. (11) -  E por isso Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam a mentira; (12) - Para que sejam julgados todos os que não creram a verdade, antes tiveram prazer na iniqüidade.

(Apocalipse 13:13) E faz grandes sinais, de maneira que até fogo faz descer do céu à terra, à vista dos homens.  (14) -  E engana os que habitam na terra com sinais que lhe foi permitido que fizesse em presença da besta, dizendo aos que habitam na terra que fizessem uma imagem à besta que recebera a ferida da espada e vivia. (15) -  E foi-lhe concedido que desse espírito à imagem da besta, para que também a imagem da besta falasse, e fizesse que fossem mortos todos os que não adorassem a imagem da besta.

(Apocalipse 19:20) E a besta foi presa, e com ela o falso profeta, que diante dela fizera os sinais, com que enganou os que receberam o sinal da besta, e adoraram a sua imagem. Estes dois foram lançados vivos no lago de fogo que arde com enxofre.


Portanto, se você praticar a necromancia, (que é o ato de se comunicar com alguém que já faleceu), seja a invocação de algum dos Apostolo, algum dos profetas, Maria, Moisés, São Judas Tadeu, Chico Xavier ou qualquer pessoa falecida, e você alcançar a graça desejada por intermédio deles, suspeite, porque foi dada permissão a Satanás de se rotular como se fosse o espírito do morto invocado operando grandes sinais prodigiosos e milagres, por este motivo a necromancia é uma pratica proibida por Deus. Ora, Satanás chega ao ponto de se disfarçar de Cristo (conf. Mt 24: 24)!

Inclusive, existem pessoas tão devotas com determinados supostos espíritos de pessoas mortas a ponto destes espíritos se tornarem familiares de geração em geração. Mas então porque Deus deu esta permissão a Satanás para nos iludir? Ora, para te colocar em prova, pois, Deus quer ver qual é a tua postura diante do mundo e diante da Palavra dEle contida na bíblia sagrada. Confirme nas referencias bíblica abaixo:

(Deuteronômio 13:1 a 3) Quando um profeta ou sonhador de sonhos se levantar no meio de ti, e te der um sinal ou prodígio, (2) - E suceder o tal sinal ou prodígio, de que te houver falado, dizendo: Vamos após outros deuses, que não conheceste, e sirvamos-los; (3) - Não ouvirás as palavras daquele profeta ou sonhador de sonhos; porquanto o SENHOR vosso Deus vos prova, para saber se amais o SENHOR vosso Deus com todo o vosso coração, e com toda a vossa alma

(Deuteronômio 18:9 a 12) Quando entrares na terra que o SENHOR teu Deus te der, não aprenderás a fazer conforme as abominações daquelas nações. (10) Entre ti não se achará quem faça passar pelo fogo a seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro; (11) - Nem encantador, nem quem consulte a um espírito adivinhador, nem mágico, nem quem consulte os mortos [necromantes]; (12) - Pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao SENHOR; e por estas abominações o SENHOR teu Deus os lança fora de diante de ti.

(Levítico 19:31) Não vos voltareis para os que consultam os mortos [necromantes] nem para os feiticeiros; não os busqueis para não ficardes contaminados por eles. Eu sou o Senhor vosso Deus.

(Levítico 20:6) Quanto àquele que se voltar para os que consultam os mortos [necromantes] e para os feiticeiros, prostituindo-se após eles, porei o meu rosto contra aquele homem, e o extirparei do meio do seu povo.

(Levítico 20:27) Quando, pois, algum homem ou mulher em si tiver um espírito de necromancia [aquele que consulta os mortos] ou espírito de adivinhação, certamente morrerá; serão apedrejados; o seu sangue será sobre eles.

(Isaías 8:19 a 20) Quando, pois, vos disserem: Consultai os que têm espíritos familiares e os adivinhos, que chilreiam e murmuram: Porventura não consultará o povo a seu Deus? A favor dos vivos consultar-se-á aos mortos?  (20) - À lei e ao testemunho! Se eles não falarem segundo esta palavra, é porque não há luz neles.

(Isaías 19:3) E o espírito do Egito se esvaecerá no seu interior, e destruirei o seu conselho; e eles consultarão aos seus ídolos, e encantadores, e aqueles que têm espíritos familiares e feiticeiros.

(Êxodo 7:10) Então Moisés e Arão foram a Faraó, e fizeram assim como o SENHOR ordenara; e lançou Arão a sua vara diante de Faraó, e diante dos seus servos, e tornou-se serpente. (11) - E Faraó também chamou os sábios e encantadores; e os magos do Egito fizeram também o mesmo com os seus encantamentos. (12) - Porque cada um lançou sua vara, e tornaram-se em serpentes; mas a vara de Arão tragou as varas deles.

(Êxodo 7:22) Porém os magos do Egito também fizeram o mesmo com os seus encantamentos; de modo que o coração de Faraó se endureceu, e não os ouviu, como o SENHOR tinha dito.

Já nestes versos abaixo Deus ridiculariza os sinais e prodígios [milagres] de Satanás para se fazer conhecido e demonstrar a todos os povos a sua suprema soberania.

(Êxodo 8:18) E os magos fizeram também assim com os seus encantamentos para produzir piolhos, mas não puderam; e havia piolhos nos homens e no gado.

(Êxodo 10:1) Depois disse o Senhor a Moisés: Vai a Faraó, porque tenho endurecido o seu coração, e o coração de seus servos, para fazer estes meus sinais no meio deles, (2) - E para que contes aos ouvidos de teus filhos, e dos filhos de teus filhos, as coisas que fiz no Egito, e os meus sinais, que tenho feito entre eles; para que saibais que eu sou o SENHOR.

(Êxodo 11:9) O Senhor dissera a Moisés: Faraó não vos ouvirá, para que as minhas maravilhas se multipliquem na terra do Egito.


Conclusão:

De acordo com o verdadeiro cristianismo e o verdadeiro judaísmo, os quais têm somente como regra de conduta e fé a Bíblia Sagrada, é possível sim a comunicação com seres espirituais denominados anjos, sejam eles decadentes [demônios] ou não, mas, NÃO e possível a comunicação com os [espíritos dos] mortos sejam eles santos ou não, ou seja, qualquer espírito que se apresente como sendo de uma pessoa falecida [João, Pedro, Maria, Chico Xavier, etc], este espírito não passa de um impostor.

Deixo a pergunta:


Todas religiões que invocam os mortos é de fato verdadeiramente cristã?

Ye(hovah)shua HaMashiach.
[Emanuel]



Última edição por azzi em Dom Nov 15, 2015 8:03 pm, editado 2 vez(es)

Ver perfil do usuário

5 Re: Saul e a pitonisa de En-dor em Sab Nov 28, 2009 2:16 am

Demar


Chegando agora
Chegando agora
Azzi,
Em S.João 11:43 (ressurreição de Lázaro), Jesus ordenou, com grande voz, a Lázaro, que, segundo Maria, irmã do defunto, "já cheirava mal, porque é já de quatro dias", que saísse para fora do sepulcro":
"...E TENDO DITO ISSO, CLAMOU COM GRANDE VOZ: LÁZARO, SAI PARA FORA.."[i]. Vê-se, claramente, que a ordem de Jesus fora dada DIRETAMENTE a Lázaro, que já se encontrava morto há quatro dias. Esse fato, por si só, faz ruir o seu entendimento "nihilista" de que os mortos não tem consciência e nem sabem de coisa alguma após a morte, do contrário Lázaro não teria ouvido essa ordem. Diante disso, peço que me responda, sr. Azzi, com um SIM ou NÃO, à seguinte pergunta:
[b]Considerando que Lázaro já estava morto há quatro dias, MAS atendeu à ordem de Jesus, dirigida de forma DIRETA àquele (Lázaro), pergunto:
Ocorreu, no caso, uma comunicação com o morto Lázaro ou não ocorreu uma comunicação com o morto Lázaro? (SIM ou NÃO).
Outra questão: Em S.Mateus 17:3 (episódio da Transfiguração, no Monte Tabor), consta que MOISÉS e ELIAS, que já haviam falecido há mais de 800 anos, APARECERAM para Jesus, tendo, com eles dialogado. OCORREU, neste caso, uma comunicação de Jesus com os mortos MOISÉS E ELIAS?!É claro...

Ver perfil do usuário

6 Re: Saul e a pitonisa de En-dor em Sab Nov 28, 2009 2:41 am

Demar


Chegando agora
Chegando agora
Azzi,
Vê-se, claramente, que o sr. não tem NENHUMA conhecimento sobre espiritismo, porque as práticas referidas nas suas citações de Deuteronomio, Levítico, Isaias, etc. (feitiçaria, encantadores, adivinhos, necromância, etc.,etc.) NÃO SÃO, EM HIPÓTESE ALGUMA, PRÁTICAS ESPÍRITAS. O próprio Espiritismo ABOMINA e NÃO ACEITA tais práticas. Aplausos para as proibições de Moisés, que, se o sr. tivesse citado o versículo Deut. 18:14, que os detratores sempre omitem, saberia que as proibições mosaicas referiam-se e resumiam-se ao PROGNOSTISMO e à ADIVINHAÇÃO, que NADA TEM A VER COM ESPIRITISMO:
"PORQUE ESTAS NAÇÕES, QUE HÁS DE POSSUIR, OUVEM OS PROGNOSTICADORES E OS ADIVINHADORES....".
Outra coisa, Azzi, NECROMÂNCIA diz respeito às comunicações para fins de PROGNOSTISMO e ADIVINHAÇÃO. Nada a ver com o Espiritismo....

Ver perfil do usuário

7 Re: Saul e a pitonisa de En-dor em Dom Nov 29, 2009 10:46 pm

Demar


Chegando agora
Chegando agora
Azzi,
É possivel a comunicação com os mortos?
Estes versículos bíblicos abaixo dizem que NÃO, observe:
(Eclesiastes 9:5 a 6)
Porque os vivos sabem que hão de morrer, mas os mortos não sabem coisa nenhuma, nem tampouco terão eles recompensa, mas a sua memória fica entregue ao esquecimento. (6) - Também o seu amor, o seu ódio, e a sua inveja já pereceram, e já não têm parte alguma para sempre, em coisa alguma do que se faz debaixo do sol.

(Eclesiastes 9:10)
Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças, porque na sepultura, para onde tu vais, não há obra nem projeto, nem conhecimento, nem sabedoria alguma.
As citações de Eclesiastes tem estilo poético e não podem ser interpretadas literalmente. Nas passagens acima ele estava se referindo ao corpo material e não ao espiritual (o apóstolo Paulo disse que temos dois corpos, um material e outro espiritual, e o que ressuscita é o último (espiritual) (Assim também a ressurreição dos mortos... Semeia-se corpo animal, ressuscitará corpo espiritural. Se há corpo animal, há também corpo espiritual – I Aos Corintios 15: 42/44). Não existe a ressurreição da carne.
O morto (corpo) não tem consciência, mas o ESPÍRITO tem.

(Eclesiastes 12:7)
E o pó volte à terra, como o era, e o espírito volte a Deus, que o deu.
Nesse versículo acima, que vc. apresentou, Eclesiastes confirmou o que eu disse anteriormente: morre o corpo, que era pó, mas O ESPÍRITO VOLTA A DEUS, ou seja: o ESPÍRITO volta ao plano espiritual. (A Bíblia diz que “DEUS É ESPÍRITO E QUER QUE O ADOREMOS EM ESPÍRITO E VERDADE – NT.). Diz, ainda, que DEUS É PAI DOS ESPÍRITOS, SENHOR DOS ESPÍRITOS, portanto, DEUS faz parte do contexto ESPIRITISMO. Razão não tem os detratores do espiritismo, porquanto estão caminhando na “contra-mão” do Evangelho.


Observe também que estes versículos bíblicos abaixo dizem que a comunicação com mortos não é possível, a não ser que eles voltem a ter vida terrena, ou seja, ressuscitem, observe:
(Salmos 88:10 a 12)
Mostrarás, tu, maravilhas aos mortos, ou os mortos se levantarão e te louvarão? (11) - Será anunciada a tua benignidade na sepultura, ou a tua fidelidade na perdição? (12) - Saber-se-ão as tuas maravilhas nas trevas, e a tua justiça na terra do esquecimento?
Essas citações fazem parte do título “O salmista queixa-se das suas grandes desgraças....”, portanto tratam-se de meras queixas do salmista a Deus, diante de seu infortúnio. Observe, ademais, que são INTERROGAÇÕES, DÚVIDAS que o salmista tinha sobre o que lhe iria acontecer além-túmulo. NADA A VER COM A PROIBIÇão DE COMUNICAÇÃO COM OS “MORTOS”...
Um exemplo acontecido de ressurreição é o de Lazaro que estava morto a quatro dias e já cheirava mal e voltou a ter vida terrena, veja:
(Jo 11:39).
Disse Jesus: Tirai a pedra. Marta, irmã do defunto, disse-lhe: Senhor, já cheira mal, porque está morto há quase quatro dias.
Se vc. prestar atenção nessa passagem, e a analisar corretamente,verificará que, contrariando o seu entendimento, ocorreu uma comunicação com o morto. Jesus disse a Lázaro: “LÁZARO, SAI PARA FORA” (I S.João 11:43), no que Lázaro prontamente atendeu...Ora, Lázaro estava morto há 4 dias e se atendeu à ordem de Jesus, é porque ele estava CONSCIENTE, mesmo estando morto, porque do contrário não poderia a ter atendido o Mestre. NÃO OCORREU, AÍ, UMA COMUNICAÇÃO COM O MORTO?!. Isso derruba o seu entendimento errôneo de que os mortos permanecem INCONSCIENTES, sem nada saberem...
Oportunamente darei resposta às demais colocações do sr. Azzi...

Ver perfil do usuário

8 Re: Saul e a pitonisa de En-dor em Ter Dez 27, 2011 12:39 am

Demar


Chegando agora
Chegando agora
Demar escreveu:Azzi,
É possivel a comunicação com os mortos?
Estes versículos bíblicos abaixo dizem que NÃO, observe:
(Eclesiastes 9:5 a 6)
Porque os vivos sabem que hão de morrer, mas os mortos não sabem coisa nenhuma, nem tampouco terão eles recompensa, mas a sua memória fica entregue ao esquecimento. (6) - Também o seu amor, o seu ódio, e a sua inveja já pereceram, e já não têm parte alguma para sempre, em coisa alguma do que se faz debaixo do sol.

(Eclesiastes 9:10)
Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças, porque na sepultura, para onde tu vais, não há obra nem projeto, nem conhecimento, nem sabedoria alguma.
As citações de Eclesiastes tem estilo poético e não podem ser interpretadas literalmente. Nas passagens acima ele estava se referindo ao corpo material e não ao espiritual (o apóstolo Paulo disse que temos dois corpos, um material e outro espiritual, e o que ressuscita é o último (espiritual) (Assim também a ressurreição dos mortos... Semeia-se corpo animal, ressuscitará corpo espiritural. Se há corpo animal, há também corpo espiritual – I Aos Corintios 15: 42/44). Não existe a ressurreição da carne.
O morto (corpo) não tem consciência, mas o ESPÍRITO tem.

(Eclesiastes 12:7)
E o pó volte à terra, como o era, e o espírito volte a Deus, que o deu.
Nesse versículo acima, que vc. apresentou, Eclesiastes confirmou o que eu disse anteriormente: morre o corpo, que era pó, mas O ESPÍRITO VOLTA A DEUS, ou seja: o ESPÍRITO volta ao plano espiritual. (A Bíblia diz que “DEUS É ESPÍRITO E QUER QUE O ADOREMOS EM ESPÍRITO E VERDADE – NT.). Diz, ainda, que DEUS É PAI DOS ESPÍRITOS, SENHOR DOS ESPÍRITOS, portanto, DEUS faz parte do contexto ESPIRITISMO. Razão não tem os detratores do espiritismo, porquanto estão caminhando na “contra-mão” do Evangelho.


Observe também que estes versículos bíblicos abaixo dizem que a comunicação com mortos não é possível, a não ser que eles voltem a ter vida terrena, ou seja, ressuscitem, observe:
(Salmos 88:10 a 12)
Mostrarás, tu, maravilhas aos mortos, ou os mortos se levantarão e te louvarão? (11) - Será anunciada a tua benignidade na sepultura, ou a tua fidelidade na perdição? (12) - Saber-se-ão as tuas maravilhas nas trevas, e a tua justiça na terra do esquecimento?
Essas citações fazem parte do título “O salmista queixa-se das suas grandes desgraças....”, portanto tratam-se de meras queixas do salmista a Deus, diante de seu infortúnio. Observe, ademais, que são INTERROGAÇÕES, DÚVIDAS que o salmista tinha sobre o que lhe iria acontecer além-túmulo. NADA A VER COM A PROIBIÇão DE COMUNICAÇÃO COM OS “MORTOS”...
Um exemplo acontecido de ressurreição é o de Lazaro que estava morto a quatro dias e já cheirava mal e voltou a ter vida terrena, veja:
(Jo 11:39).
Disse Jesus: Tirai a pedra. Marta, irmã do defunto, disse-lhe: Senhor, já cheira mal, porque está morto há quase quatro dias.
Se vc. prestar atenção nessa passagem, e a analisar corretamente,verificará que, contrariando o seu entendimento, ocorreu uma comunicação com o morto. Jesus disse a Lázaro: “LÁZARO, SAI PARA FORA” (I S.João 11:43), no que Lázaro prontamente atendeu...Ora, Lázaro estava morto há 4 dias e se atendeu à ordem de Jesus, é porque ele estava CONSCIENTE, mesmo estando morto, porque do contrário não poderia a ter atendido o Mestre. NÃO OCORREU, AÍ, UMA COMUNICAÇÃO COM O MORTO?!. Isso derruba o seu entendimento errôneo de que os mortos permanecem INCONSCIENTES, sem nada saberem...
Oportunamente darei resposta às demais colocações do sr. Azzi...

AZZI, VC. SUMIU?!. ESTOU AGUARDANDO SUA RESPOSTA.....

Ver perfil do usuário

9 Re: Saul e a pitonisa de En-dor em Ter Dez 27, 2011 12:41 am

Demar


Chegando agora
Chegando agora
Demar escreveu:Azzi,
Em S.João 11:43 (ressurreição de Lázaro), Jesus ordenou, com grande voz, a Lázaro, que, segundo Maria, irmã do defunto, "já cheirava mal, porque é já de quatro dias", que saísse para fora do sepulcro":
"...E TENDO DITO ISSO, CLAMOU COM GRANDE VOZ: LÁZARO, SAI PARA FORA.."[i]. Vê-se, claramente, que a ordem de Jesus fora dada DIRETAMENTE a Lázaro, que já se encontrava morto há quatro dias. Esse fato, por si só, faz ruir o seu entendimento "nihilista" de que os mortos não tem consciência e nem sabem de coisa alguma após a morte, do contrário Lázaro não teria ouvido essa ordem. Diante disso, peço que me responda, sr. Azzi, com um SIM ou NÃO, à seguinte pergunta:
[b]Considerando que Lázaro já estava morto há quatro dias, MAS atendeu à ordem de Jesus, dirigida de forma DIRETA àquele (Lázaro), pergunto:
Ocorreu, no caso, uma comunicação com o morto Lázaro ou não ocorreu uma comunicação com o morto Lázaro? (SIM ou NÃO).
Outra questão: Em S.Mateus 17:3 (episódio da Transfiguração, no Monte Tabor), consta que MOISÉS e ELIAS, que já haviam falecido há mais de 800 anos, APARECERAM para Jesus, tendo, com eles dialogado. OCORREU, neste caso, uma comunicação de Jesus com os mortos MOISÉS E ELIAS?!É claro...

AZZI: ESOU AGUARDANDO SUA RESPOSTA.....

Ver perfil do usuário

10 Re: Saul e a pitonisa de En-dor em Dom Abr 12, 2015 1:55 pm

azzi


Chegando agora
Chegando agora
Certa vez me questionaram


Você descreveu vários versículos que dizem não ser possível a comunicação com os mortos.

Pois bem, por qual motivo Deus proibiria a necromancia? Não faz sentido algum proibir algo que não seja possível. É como se Deus ordenasse: "a partir de hoje estão todos proibidos de atravessar paredes!". Poxa, beleza, não atravesso mais paredes.

Como todos seus argumentos tem controvérsias, toda sua base bíblica para provar seu argumento pode ser questionada pela própria bíblia.

Então chegamos a um grande problema: Temos 2 pontos de vista diferentes. Você consegue provar que está certo usando a bíblia e eu também consigo provar que estou certo usando a mesma bíblia.

Te pergunto: E aí?




E eu respondi:

Então seguindo a tua linha de raciocínio, neste versículo abaixo fica claro que, pelo fato de Deus proibir outros deuses,  existem de fato outros deuses?

(Êxodo 20:3) - Não terás outros deuses diante de mim.

Uehhhh!!!! Neste versículo abaixo Deus  deixa bem claro que Ele é o primeiro e o último, e fora  dEle não há Deus. E ai?

(Isaías 44:6) - Assim diz o SENHOR, Rei de Israel, e seu Redentor, o SENHOR dos Exércitos: Eu sou o primeiro, e eu sou o último, e fora de mim não há Deus.

Então chegamos a uma grande conclusão: Temos 2 pontos de vista diferentes.
Você NÃO consegue provar que está certo usando a bíblia e eu consigo provar que estou certo usando a mesma bíblia.


E ai???

Ver perfil do usuário

11 Re: Saul e a pitonisa de En-dor Hoje à(s) 3:53 am

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum