Forum Gospel Mania

Fórum Gospel Mania, o ponto de encontro dos evangélicos


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Os símbolos dos símbolos em Qua Abr 22, 2009 1:59 pm

Mineirinho


Já sou frequente
Já sou frequente
Símbolo, segundo os dicionaristas é qualquer coisa usada para representar outra, especialmente objeto material que serve para representar qualquer coisa material. A exposição e/ou o uso de alguns símbolos causa polêmica devido ao emprego – às vezes nada louváveis, como no caso do uso da suástica pelos nazistas, por exemplo - que foi feito de um determinado símbolo. Analisemos três símbolos bem conhecidos, por suas implicações religiosas, culturais e sociais.

A Suástica é um símbolo hindu que "saiu de circulação" por seu mau uso. O nome SWASTIKA vem da palavra sânscrita SVASTIKAH, que significa bem-estar e boa fortuna. As mais antigas suásticas conhecidas datam de 2.500 ou 3.000 a.C. na Índia e na Ásia Central, e foram encontradas entre os Maias, Astecas, Judeus (quem diria!), nas tribos dos EUA e até mesmo do Brasil. As sacerdotisas gregas usavam esse símbolo no braço, as tribos germânicas a chamavam de "Cruz de Thor", entre outros exemplos. A China adotou esse símbolo quando o Budismo chegou da Índia, e é usado até hoje pelo Falun Dafa. Eles explicam que "quando o Falun (suástica) gira no sentido horário ele automaticamente absorve energia do universo, no sentido de auto-salvação de quem a usa. Ao girar no sentido anti-horário, ele emite energia, oferecendo a salvação ao próximo". Esse símbolo é lindo, pois representa o macro e o microcosmo. Veja que as galáxias são estruturadas desta forma, e os nossos centros de força (chakras) também possuem esse desenho. Pena que o idiota do Hitler tenha pegado esse símbolo e invertido a direção de suas "pás", provavelmente no sentido de roubar energia do universo para seus propósitos, além de incliná-la a 45 graus. A idéia dele com isso foi "parar o tempo" da era atual e iniciar os mil anos de domínio da nova ordem: o 3º Reich. Robert Ambelain, autor de “Os Arcanos negros do Hitlerismo – 1848-1945: A História Oculta e Sangrenta do Pangermanismo” escreve que certos hitleristas mantiveram contatos íntimos e sérios com o mundo místico da Índia e do Tibete, do qual veio a suástica sinistrogira – a cruz gamada com os braços torcidos, “para realçar melhor o sentido de seu turbilhão contrário à rotação normal (dextrogira)”. Afirma ainda que Hitler não manteve a suástica em sua posição normal - ou seja, como uma cruz com os braços verticais - intencionalmente, de maneira a dar à cruz, simbolicamente, a discreta lembrança de uma atitude de Shiva, deus hindu da destruição/renovação, representado dançando na roda da existência e dos mundos. E que isso teria sido aconselhado por instrutores secretos de Hitler, Karl Haushofer e Dietrich Eckart, os quais estariam em contato com os tântricos da Índia e do Tibete. Acrescenta o referido autor que Shiva é o aspecto oposto a Vishnu, o deus conservador da vida, e que a suástica dextrogira provém justamente de Vishnu! Agora a suástica é um símbolo odiado pela maioria, e que evoca um pensamento primitivo de terror, seja ele na posição invertida ou não.

A cruz. Apesar de ter sido difundida pelo cristianismo como símbolo do sofrimento de Cristo à crucificação, a figura da cruz constitui um ícone de caráter universal e de significados diversificados, amparados por suas inúmeras variações. É possível detectar a presença da cruz, seja de forma religiosa, mística ou esotérica, na história de povos distintos (e distantes) como os egípcios, celtas, persas, romanos, fenícios e índios americanos. Seu modelo básico traz sempre a intersecção de dois eixos opostos, um vertical e outro horizontal, que representam lados diferentes como o Sol e a Lua, o masculino e o feminino e a vida e a morte, por exemplo. É a união dessas forças antagônicas que exprime um dos principais significados da cruz, que é o do choque de universos diferentes e seu crescimento a partir de então, traduzindo-a como um símbolo de expansão. De acordo com o estudioso Juan Eduardo Cirlot, ao situar-se no centro místico do cosmos, a cruz assume o papel de ponte através da qual a alma pode chegar a Deus. Dessa maneira, ela liga o mundo celestial ao terreno através da experiência da crucificação, onde as vivencias opostas encontram um ponto de intersecção e atingem a iluminação.
São estas as variações do símbolo da cruz, cada um com significado bem peculiar: Cruz simples, Alguns estudiosos denominam esta como Cruz Grega. Cruz de Santo André: Símbolo da humildade e do sofrimento acredita-se que o santo André foi martirizado em uma cruz com essa forma. Cruz de Santo Antonio (Tau): Recebeu esse nome por reproduzir a letra grega Tau. É considerada por muitos, como a cruz da profecia e do Antigo Testamento. Cruz Cristã: Definitivamente o mais conhecido símbolo cristão, que também recebe o nome de Cruz Latina. Os romanos a utilizavam para executar criminosos. Por conta disso, ela nos remete ao sacrifício que Jesus Cristo ofereceu pelos pecados das pessoas. Além da crucificação, ela representa a ressurreição e a vida eterna. Cruz de Anu: Utilizada tanto por assírios como caldeus para representar seu deus Anu, esse símbolo sugere a irradiação da divindade em todas as direções do espaço. Cruz Gamada (Suástica). Cruz Ansata: Um dos mais importantes símbolos da cultura egípcia. Cruz Patriarcal: Também conhecida como Cruz de Lorena e Cruz de Caravaca, foi muito utilizada por bispos e príncipes da igreja cristã antiga e por jesuítas nas missões no sul do Brasil. Cruz de Jerusalém: Tal cruz foi adotada pelos cruzados graças a Godofredo de Bulhão, primeiro rei cristão a pisar em Jerusalém, representando a expansão do evangelho pelos quatro cantos da terra. Cruz da Páscoa: Chamada por alguns de Cruz Eslava, é uma cruz com certa inclinação, que traz um significado dúbio, dos quais se destaca a crença de que um terremoto ocorrido durante a crucificação causou sua inclinação. Cruz do Calvário: Firmada sobre três degraus que representam a subida de Jesus ao calvário, essa cruz exalta a fé, a esperança e o amor em sua simbologia. Cruz Rosa-Cruz: Os membros da Rosa Cruz costumam explicar seu significado interpretando-a como o corpo de um homem. Cruz de Malta: Emblema dos Cavaleiros de São João, que foram levados pelos turcos para a ilha de Malta.

Estrela de Davi. A estrela de Davi, de seis pontas, ou selo de Salomão, também chamada de Magen Davi tornou-se um símbolo dos judeus no fim de Idade Média. Em tempos anteriores, ela figurava também em símbolos cristãos e islâmicos. Foi mais tarde, adotada pelo movimento sionista e na bandeira de Israel. Em 1948, depois de quase 2000 de exílio, o Estado de Israel foi restabelecido como o Lar Nacional Judaico. A nova bandeira foi apresentada na ONU em 1949. A bandeira é símbolo do orgulho do retorno da Nação Judaica ao seu lar.

Qual o sua opinião sobre o uso dos símbolos?
Quais critérios você acredita serem necessários para o uso dos símbolos?
Você é a favor da exposição dos símbolos nas repartições públicas?
Você é a favor do uso de símbolos como forma de expressão?

[Fonte:"Dictionary of Symbols", J.E. Cirlot - Madrid - 1962]

Ver perfil do usuário

2 Re: Os símbolos dos símbolos em Qua Abr 22, 2009 2:33 pm

MM


Isso aqui está viciando!
Isso aqui está viciando!
o logo da coca-cola é um símbolo, assim como a cruz, como a suástica....
símbolos fazem parte da nossa sociedade, não é uma questão de achar certo, é uma questão de ser impossível acabar com eles....

Ver perfil do usuário

3 Re: Os símbolos dos símbolos em Qua Abr 22, 2009 3:15 pm

Aroldo Chuasneguer


Isso aqui está viciando!
Isso aqui está viciando!
Um símbolo passa a ser ruim quando se torna rótulo.
E tenho dito!

Ver perfil do usuário

4 Re: Os símbolos dos símbolos em Qua Abr 22, 2009 3:52 pm

MM


Isso aqui está viciando!
Isso aqui está viciando!
Aroldo Chuasneguer escreveu:Um símbolo passa a ser ruim quando se torna rótulo.
E tenho dito!

menos o da super bock, hahahahahaha

Ver perfil do usuário

5 Re: Os símbolos dos símbolos em Qua Abr 22, 2009 4:45 pm

Valfrid


Admin
Admin
Símbolos são e serão sempre utilizados!!

As letras que usamos para escrever esses textos são simbolos. Quem dá o significado somos nós!!

O alfabeto Kanji também é composto de símbolos que, ao que me consta, contém idéias, e não letras como algumas pessoas pensam.

Agora, Mineirinho, o texto que você colocou aí tem todo jeito de uma matéria que continha fotos, até pelas referências, pq você não as postou?!


_________________
Vídeos da Banda Pinprick: http://br.youtube.com/user/pinprickband

Ver perfil do usuário http://newfgm.forumeiros.com

6 Re: Os símbolos dos símbolos em Qua Abr 22, 2009 4:48 pm

Aroldo Chuasneguer


Isso aqui está viciando!
Isso aqui está viciando!
MM escreveu:
Aroldo Chuasneguer escreveu:Um símbolo passa a ser ruim quando se torna rótulo.
E tenho dito!

menos o da super bock, hahahahahaha

Ou da bala Chita.

Ver perfil do usuário

7 Re: Os símbolos dos símbolos em Qui Abr 23, 2009 10:06 am

Mineirinho


Já sou frequente
Já sou frequente
Valfrid escreveu:Agora, Mineirinho, o texto que você colocou aí tem todo jeito de uma matéria que continha fotos, até pelas referências, pq você não as postou?!

Porque, infelizmente, eu só o tinha no formato para impressão, sem as fotos.

Ver perfil do usuário

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum