Forum Gospel Mania

Fórum Gospel Mania, o ponto de encontro dos evangélicos


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Livres da lei de Moisés

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Livres da lei de Moisés em Dom Maio 26, 2013 2:55 pm

vitorA


Chegando agora
Chegando agora
A lei não pode ser mutilada como muitos querem fazer, separando os mandamentos dos rituais, mas ela anda toda junta (os 613 mandamentos) sendo inseparável; na verdade quem pega num só mandamento por mais pequeno que seja, fica obrigado a guardar toda a lei, e quem transgride o mais pequeno, inutiliza todos eles.

Pois a lei consiste nos mandamentos, estatutos, leis e juízos que foram dados no monte sinai a Moisés, e que tudo foi selado com o sangue de animais para que ninguém pudesse acrescentar ou diminuir ás palavras escritas da lei, e isso podemos ler em Êxodo, desde o capitulo 20 até ao 24.


E se alguma parte é realçada como abolida, foi exatamente os 10 mandamentos da qual toda a lei dependia. Pois vê o que aconteceu quando Moisés desceu do monte com as tábuas do concerto:


Exôdo34:28-30 E esteve ali com o SENHOR quarenta dias e quarenta noites; não comeu pão, nem bebeu água, e escreveu nas tábuas as palavras da aliança, os dez mandamentos. E aconteceu que, descendo Moisés do monte Sinai trazia as duas tábuas do testemunho em suas mãos, sim, quando desceu do monte, Moisés não sabia que a pele do seu rosto resplandecia, depois que falara com ele. Olhando, pois, Arão e todos os filhos de Israel para Moisés, eis que a pele do seu rosto resplandecia; por isso temeram chegar-se a ele.



Nas tábuas estavam escritos os dez mandamentos, e é exactamente esta aliança que Paulo se refere dizendo que foi abolida em Cristo, porque era a base de toda a lei. Vê:


2ª Coríntios 3:3-16 Porque já é manifesto que vós sois a carta de Cristo, ministrada por nós, e escrita, não com tinta, mas com o Espírito do Deus vivo, não em tábuas de pedra, mas nas tábuas de carne do coração. .. O qual nos fez também capazes de ser ministros de um novo testamento, não da letra, mas do espírito; porque a letra mata e o espírito vivifica. E, se o ministério da morte, gravado com letras em pedras, veio em glória, de maneira que os filhos de Israel não podiam fitar os olhos na face de Moisés, por causa da glória do seu rosto, a qual era transitória, Como não será de maior glória o ministério do Espírito? Porque, se o ministério da condenação foi glorioso, muito mais excederá em glória o ministério da justiça. Porque também o que foi glorificado nesta parte não foi glorificado, por causa desta excelente glória. Porque, se o que era transitório foi para glória, muito mais é em glória o que permanece. E não somos como Moisés, que punha um véu sobre a sua face, para que os filhos de Israel não olhassem firmemente para o fim daquilo que era transitório. Mas os seus sentidos foram endurecidos; porque até hoje o mesmo véu está por levantar na lição do velho testamento, o qual foi por Cristo abolido; E até hoje, quando é lido Moisés, o véu está posto sobre o coração deles. Mas, quando se converterem ao Senhor, então o véu se tirará.



Repara no que está realçado.

Paulo, na carta aos Coríntios como vimos acima, está falando exactamente desta passagem, das tábuas, do brilho e do véu do rosto de Moisés quando ele desceu do monte; etc…Ou seja : dos 10 mandamentos que muitos dizem que é preciso guardar.

E ele diz que a nova aliança não a mesma, é escrita no coração, e não nas tábuas de pedra á semelhança do ministério de Moisés, e o que estava escrito nas tábuas? Os dez mandamentos! E diz que a letra das tábuas mata mas que o ministério do espírito vivifica. Se mata porque insistes em procurar vida na morte?

Por isso ele diz que a lei foi o ministério da morte, da condenação porque todos ficaram debaixo de maldição, dizendo que era um ministério transitório, e que se desvanecia á semelhança do brilho do rosto de Moisés; já dando a entender que era temporário.

E diz que todos aqueles que estão debaixo do ministério da lei, dos 10 mandamentos, permanecem em trevas, como que um véu que os cega, e que só em Cristo é tirado; mostrando assim que quem guarda os 10 mandamentos, ainda não se converteu a Cristo.

A lei de Moisés foi escrita para fazer obras, mas a lei de Cristo foi escrito no coração para conhecer as obras de Deus e o próprio Deus.

Porque, repreendendo-os, lhes diz: Eis que virão dias, diz o Senhor, Em que com a casa de Israel e com a casa de Judá estabelecerei uma nova aliança, não segundo a aliança que fiz com seus pais No dia em que os tomei pela mão, para os tirar da terra do Egito; Como invalidaram a minha aliança, Eu para eles não atentei, diz o Senhor. Porque esta é a aliança que depois daqueles dias Farei com a casa de Israel, diz o Senhor; Porei as minhas leis no seu entendimento, E em seu coração as escreverei; E eu lhes serei por Deus, E eles me serão por povo;E não ensinará cada um a seu próximo, Nem cada um ao seu irmão, dizendo: Conhece o Senhor; Porque todos me conhecerão, Desde o menor deles até ao maior.
Hebreus 8:8-11


Aqui vemos que a nova aliança nada tem a ver com a primeira e por isso diz:Não segundo a aliança que fiz com seus pais No dia em que os tomei pela mão, para os tirar da terra do Egito;

E acaba dizendo que essa lei é escrita no coração para conhecimento de Deus, pois agora servimos a Deus é em espírito, com o entendimento e não por obras como na lei de Moisés.

Muitos dizem: Jesus não veio abolir a lei, mas aperfeiçoá-la. Mas a lei não é boa justa e santa? Então veio aperfeiçoar uma coisa que já era perfeita? O problema não era a lei mas o homem que não obedece nem pode.

Romanos 8:7- Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem, em verdade, o pode ser.


A lei é boa para o bom e o justo, mas não houve ninguém bom e justo e por isso a lei que abençoa o justo, também amaldiçoa o transgressor, e por isso ficaram todos debaixo de maldição.

Gálatas 3:10 - Todos aqueles, pois, que são das obras da lei estão debaixo da maldição; porque está escrito: Maldito todo aquele que não permanecer em todas as coisas que estão escritas no livro da lei, para fazê-las.



Por isso Cristo foi anunciado pela lei e pelos profetas desde o princípio mostrando que só ele os podia salvar da maldição da lei, e foi isso que ele fez tirando-a a cravando-a na cruz, e por isso agora já não há condenação para o que crê porque já não há a lei que o condenava.

Logo a lei serviu de guia até que Cristo viesse, mas chegando Cristo foi abolida porque ele é o fim (acaba) da lei.

Gálatas 3:23 - Mas, antes que a fé viesse, estávamos guardados debaixo da lei, e encerrados para aquela fé que se havia de manifestar. 24 - De maneira que a lei nos serviu de guia, para nos conduzir a Cristo, para que pela fé fôssemos justificados. 25 - Mas, depois que veio a fé, já não estamos debaixo do guia.


Rm.10:4 Porque o fim da lei é Cristo para justiça de todo aquele que crê.


A prova que realmente creio que Jesus me justificou é não fazer obras para a vida e para a justiça, mas se as faço provo que não creio em Cristo e a minha fé é uma fachada.

Pois, se nós, ainda procuramos ser justificados em Cristo, nós mesmos também somos achados pecadores, é porventura Cristo ministro do pecado? De maneira nenhuma. Porque, se torno a edificar aquilo que destruí, constituo-me a mim mesmo transgressor. Porque eu, pela lei, estou morto para a lei, para viver para Deus. Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim. Não aniquilo a graça de Deus; porque, se a justiça provém da lei, segue-se que Cristo morreu em vão. Gl 2:17-21


A única forma de viver para Deus é morrer para a lei, para a obediência segundo as obras, a obediência da fé é crer e não fazer, pois o justo vive pela fé o pecador pelo fazer da lei.

Pois, que diz a Escritura? Creu Abraão em Deus, e isso lhe foi imputado como justiça. Ora, àquele que faz qualquer obra não lhe é imputado o galardão segundo a graça, mas segundo a dívida. Mas, àquele que não pratica, mas crê naquele que justifica o ímpio, a sua fé lhe é imputada como justiça. Assim também Davi declara bem-aventurado o homem a quem Deus imputa a justiça sem as obras,
Romanos 4:4-6


Portanto, quem faz obras não tem galardão da parte de Deus, mas é exactamente quem não faz mas crê que cristo fez por ele é que é justificado; e reparem que estamos a falar mesmo no tempo de Abraão, ainda antes da lei.

Logo não é a continuidade, ou aperfeiçoamento, mas sim o fim. Por isso se chama de nova aliança, e não uma fusão da velha coma nova, ou mais uma. E se agora tudo é novo, andemos então em novidade de vida!

Mais uma vez digo: quem quer guardar os 10 mandamentos ou qualquer outro mandamento da lei para ser salvo ou para ser abençoado, ainda não se converteu a Cristo; ainda não conhece a graça de Deus.

Na nova aliança só temos um mandamento, um novo mandamento, que é viver em amor; e aqui não há regras ou mandamentos fixos, e muitas vezes até vamos contra os mandamentos da lei como acontecia com Cristo ao perdoar a prostituta ou quebrar o sábado, etc...

Mas o amor diverge de pessoa para pessoa e por isso Paulo dizia:

1ª Crintios 9:19 - Porque, sendo livre para com todos, fiz-me servo de todos para ganhar ainda mais. 20 - E fiz-me como judeu para os judeus, para ganhar os judeus; para os que estão debaixo da lei, como se estivesse debaixo da lei, para ganhar os que estão debaixo da lei. 21 - Para os que estão sem lei, como se estivesse sem lei (não estando sem lei para com Deus, mas debaixo da lei de Cristo), para ganhar os que estão sem lei. 22 - Fiz-me como fraco para os fracos, para ganhar os fracos. Fiz-me tudo para todos, para por todos os meios chegar a salvar alguns.



Embora eu seja livre de qualquer condenação de Deus ou do juízo dos homens, por amor me faço servo de todos para levá-los a Cristo. Faço tudo sem regras específicas, procurando não prejudicar ninguém (o que é impossível), visando apenas uma coisa: levá-lo ao conhecimento da graça de Deus para que seja salvo; pois para isto Deus me salvou e predestinou para ser uma testemunha do reino de Deus.

Mas ainda que não tivesse qualquer obra, nada disso afectaria a salvação (caso do imoral que tinha a garantia da salvação mesmo sem obras), porque uma vez salvo, salvo para sempre.

Ver perfil do usuário

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum