Forum Gospel Mania

Fórum Gospel Mania, o ponto de encontro dos evangélicos


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Amy Winehouse, da glória ao caos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Amy Winehouse, da glória ao caos em Qui Ago 21, 2008 1:52 pm

Mineirinho


Já sou frequente
Já sou frequente
Gente, sei que esse fórum é evangélico e coisa e tal, mas quero trazer algo meio atípico para debatermos. Por isso não postei esse tópico na seção para músicas e sim aqui no “Atualidades”.

Bom, Amy Winehouse é uma das grandes revelações da música internacional. Ela nasceu em uma área suburbana de Southgate, Londres, numa família judia de quatro elementos com tradição musical ligada ao jazz. Seu pai, Mitchell Winehouse, era motorista de táxi e sua mãe, Janis, farmacêutica. Amy tem ainda um irmão mais velho, Alex Winehouse.

Cresceu no subúrbio de Southgate e fez os estudos na instituição de ensino Ashmole School. Por volta dos dez anos, Winehouse funda uma banda amadora - e de curta vida útil - de rap chamada "Sweet 'n' Sour, as Sour". Ela descreveu a banda como sendo "the little white Jewish Salt 'n' Pepa" ("a pequena Salt 'n' Pepa judaica").

Ganhou a sua primeira guitarra elétrica aos 13 anos de idade e por volta dos 16 anos já cantava profissionalmente ao lado de um amigo (depois namorado), o cantor de soul Tyler James.
Amy passou a infância e parte de sua adolescência presenciando os abusos de seu pai perante sua mãe. Numa entrevista a uma TV inglesa, o pai da cantora revelou que em 1983 iniciou um caso com uma colega de trabalho, que se tornou sua esposa em 1996. "Amy e seu irmão sabiam disso e presenciavam o sofrimento da mãe. Eles chamavam-na de 'a mulher do papai no trabalho'", afirmou ele em entrevista. Na canção “What It Is About Men” a cantora se refere a o que sua mãe teve de passar e ao comportamento de "homem de família" do próprio pai.

O seu álbum de estreia, "Frank" (2003), foi indicado para o Mercury Music Prize. Em 14 de fevereiro de 2007 ela ganhou um Brit Award por Melhor Artista Feminina Britânica entregue pela Baby Spice, Emma Bunton. O seu segundo álbum, "Back to Black", recebeu 6 indicações para o Grammy 2008, incluindo os quatro principais (Revelação do Ano, Álbum do Ano, Gravação do Ano e Música do Ano) e ganhou 5. Back to Black também teve grande sucesso comercial, sendo o disco mais vendido de 2007(mais de 5 milhões em 2007), e com mais de 10 milhões de cópias vendidas no mundo inteiro até hoje.

Durante o EMA 2007, Amy recebeu um prêmio surpresa: foi feita uma votação entre os artistas de mais destaque nesse ano para saber qual o artista que merecia ganhar, tendo sido Amy a mais votada. Artistas como Rihanna, Chris Brown e Fergie disseram que ela merece uma vez que é original, tem uma voz incrível e um ritmo único.

O seu segundo álbum, "Back to Black", recebeu 6 indicações para o Grammy 2008, incluindo os quatro principais (Revelação do Ano, Álbum do Ano, Gravação do Ano e Música do Ano) e ganhou 5. Back to Black também teve grande sucesso comercial, sendo o disco mais vendido de 2007(mais de 5 milhões em 2007), e com mais de 10 milhões de cópias vendidas no mundo inteiro até hoje.

Amy Winehouse tem tudo para dar certo. Uma bela e incomum voz, talento de sobra, um mercado musical aos seus pés, comendo em suas mãos... No entanto, ela tem sido mais conhecida pelos escândalos que protagoniza do que pelo seu inquestionável talento. Veja alguns dos escândalos em que Amy anda se envolvendo.

Ultimamente têm-se debatido, juntamente com o seu marido, com problemas relacionados com drogas, tendo várias vezes tentado superar o vício em clínicas de desintoxicação. Os tablóides britânicos elegeram-na como alvo preferencial, destronando deste modo Pete Doherty ex-The Libertines e actual líder dos Babyshambles, como junkie mais famoso da Grã-Bretanha.

No dia 22 de Janeiro de 2008, um video com Amy usando crack e outras drogas saiu no site de tabloides The Sun. Esse vídeo podia mudar a vida de Winehouse, pois a sua família e amigos não sabiam o que fazer com ela. Em 25 de Janeiro, foi internada numa clinica de reabilitação, sendo vigiada 24 horas por dia. [2].

Em função das polêmicas, o governo dos EUA negou visto à artista para cantar no Staples Center, sede da 50ª edição do Grammy, realizada em 10 de fevereiro em Los Angeles. A pedido dos organizadores, Winehouse deveria cantar numa performance em directo de Londres, onde mora e cumpre seus tratamentos anti-drogas. Ela também foi afastada da trilha sonora do próximo filme de James Bond, o Agente 007. Seria Amy quem interpretaria a canção de abertura do longa.

No dia 30 de Maio de 2008 deu o seu primeiro concerto em Portugal no Rock in Rio Lisboa. Este concerto, que serviria de base para avaliar o seu estado fisico e emocional, deu-lhe uma nota negativa. Na opinião de muitos, Amy entrou em palco bebêda. Tinha um hematoma no pescoço e uma ligadura na mão que a impedia que segurar no microfone. Encontrava-se rouca pelo que o concerto deixou um pouco a desejar. Alguns dos fãs afirmaram que já estavam à espera de tal coisa, outros ficaram horrorizados.

Este seu concerto Foi motivo de notícia nos mais diversos meios de comunicação. A cantora inglesa pediu desculpas pelo seu atraso de 40 minutos (o que fez com que o alinhamento fosse encurtado para não atrasar o espectáculo de Lenny Kravitz) e admitiu ainda que devia ter cancelado o concerto, devido ao seu mau estado de voz. Nesse concerto, Amy quase chorou quando cantou "Love Is A Losing Game", onde depois disse que tinha feito recentemente 1 ano de casamento com o seu marido que iria sair da prisão dentro de semanas.

No seu grande cabelo, Amy tinha um coração com o nome do seu marido. Durante a música "Wake Up Alone", a cantora quase cai. A sua presença naquele concerto era uma incógnita até ao momento em que aparecesse em palco, e o facto de ter aparecido já foi um ponto muito positivo para muitos fãs e para um recinto de quase 100 mil pessoas completamente esgotado.

Acompanhada de seis músicos e dois vocalistas, Amy Winehouse demorou 50 minutos para interpretar pouco mais de dez temas retirados dos seus dois álbuns (Frank, Back to Black), mas não na sequência anteriormente prevista.

Semanas antes deste concerto, Amy foi presa duas vezes, e foi vista cheia de arranhões.
Na última audiência do marido, Amy exaltou-se no tribunal e foi expulsa do edifício pois não parava de gritar dentro da sala.

Várias fotografias de Amy com o seu marido vieram para a internet. Amy aparece em poses sensuais, o seu peito e ainda com comprimidos na língua. Também apareceram dois vídeos: um onde Amy canta uma música racista e outro onde Amy está com Pete Doherty (dos Babyshambles) brincando com ratinhos recém-nascidos. Amy Winehouse já pediu desculpas pelo vídeo onde canta a música racista.

Amy encontra-se agora internada no hospital, pelo pai, depois de ter desmaiado em casa quando ia dar autógrafos a fãs que a esperavam à porta de sua casa. Os médicos fizeram testes de tuberculose que deram negativo, e disseram que Amy está com sinais de algo que pode levar a um enfisema pulmonar. Foi feito um ultimato à cantora: se não deixar as drogas irá perder a sua voz e morrer rapidamente.

Amy foi liberada para sair do hospital na últuma semana de junho para ensaiar, pois irá fazer shows, que já estavam marcados antes de ela ir para o hospital, e tudo isso será feito com acompanhamento médico, e depois dos shows ela retornará ao hospital para continuar seu tratamento. Amy Winehouse logo depois da saída do hospital para ir ensaiar, já foi encontrada fumando e comprando whisky, vodka e cromos do Euro 2008 para o marido.

Numa recente entrevista que Amy deu para a Rolling Stone, ao abrir o seu álbum de fotos do seu casamento para mostrar à repórter, mostrou sem querer fotos em que está fazendo sexo com o marido.Estas fotos estavam misturadas com as do seu casamento.

No dia 29 de Maio, a cantora inglesa apresentou-se no festival Glastonbury, onde cantou durante uma hora. Desta vez, a cantora aproximou-se muito dos fãs, e um deles jogou um objeto que bateu em sua cabeça, o que fez com que Amy tivesse uma reacção agressiva, tentando dar murros no fã.

Meus questionamentos são:
1) Além - ou excetuando-se - as implicações espirituais, o que, em sua opinião leva uma pessoa que tem tudo para dar certo, a pular em um precipício tão fundo como esse?
2) Porque jovens talentos da música [secular], se autodestroem, apesar da fama e do dinheiro, a exemplo de Jimmy Hendrix, Janis Joplin, Jim Morrinson e, mais recentemente, Kurt Cobain?
3) Há salvação para Amy Winehouse?

Ver perfil do usuário

2 Re: Amy Winehouse, da glória ao caos em Qui Ago 21, 2008 2:25 pm

MM


Isso aqui está viciando!
Isso aqui está viciando!
A mulher é talentosa, e os junkies sempre estiveram na ribalta do sucesso e do talento.
Salvação há, o keith richards távivo até hj, mas tem que ser logo, tem o pete doherty tbm, que era dos libertines e hj é dos babyshambles.
Não há uma explicação pra isso, a verdade é que essa gente toda além do talento, tbm nasceu com uma disposição a autodestruição e ao hedonismo.
Quem já esteve dentro sabe que isso é bom, uma pena que faz mal.

Ver perfil do usuário

3 Re: Amy Winehouse, da glória ao caos em Qui Ago 21, 2008 2:40 pm

Mineirinho


Já sou frequente
Já sou frequente
MM escreveu:A mulher é talentosa, e os junkies sempre estiveram na ribalta do sucesso e do talento.
Salvação há, o keith richards távivo até hj, mas tem que ser logo, tem o pete doherty tbm, que era dos libertines e hj é dos babyshambles.
Não há uma explicação pra isso, a verdade é que essa gente toda além do talento, tbm nasceu com uma disposição a autodestruição e ao hedonismo.
Quem já esteve dentro sabe que isso é bom, uma pena que faz mal.

Dê uma olhadinha no que postei sobre a infância de Amy e faça um comentário, Manson. Você acha que uma coisa tem ligação com a outra?

Ver perfil do usuário

4 Re: Amy Winehouse, da glória ao caos em Qui Ago 21, 2008 7:43 pm

Aroldo Chuasneguer


Isso aqui está viciando!
Isso aqui está viciando!
É... Além dos possíveis "traumas" da infância, na maioria algumas vezes essas pessoas do reino da fama tem um certo "vazio" que infelizmente é/foi/será preenchido com drogas...

Gosto pra caramba da música dela, acompanhei todo o concerto do Rock in Rio Lisboa, foi um desastre. Mas o do Rock in Rio Madrid foi excelentemente excelente.... Sei lá se isso é bom ou ruim...

Ver perfil do usuário

5 Re: Amy Winehouse, da glória ao caos em Sex Ago 22, 2008 1:04 am

A Amy pra mim, do ano que vem não passa!
Vou curtindo as musicas dela com meu primo todos os dias, a caminho da faculdade... não que eu queira issu mais, na minha opnião, em 2009 iraum anunciar a morte dela.


_________________
Tudo posso com o meu Deus!
Ver perfil do usuário

6 Re: Amy Winehouse, da glória ao caos em Sex Ago 22, 2008 8:21 am

Mineirinho


Já sou frequente
Já sou frequente
MM escreveu:Salvação há, o keith richards távivo até hj...

Manson, você está sugerindo que a Amy Winehouse vá para a Índia e "troque todo o sangue do corpo"? Shocked tongue ...

Brincadeiras à parte, será que Amy chega aos pelo menos até aos 27 para então morrer e fazer parte do seleto grupo "rock stars dead 27's": Janis, Morrinson, Hendrix e Cobain?...


Betinho Schenferd escreveu: A Amy pra mim, do ano que vem não passa!

Pelas previsões do Betinho, parece que não... Tadinha Amy, Betinho...

Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum