Forum Gospel Mania

Fórum Gospel Mania, o ponto de encontro dos evangélicos


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ritmos mundanos na igreja , o q vcs acham???

Ir à página : 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 2]

1 Ritmos mundanos na igreja , o q vcs acham??? em Sab Ago 09, 2008 7:33 pm

andersonasp06


Chegando agora
Chegando agora
Queria abrir esse tópico dando a paz do Senhor a todos, e abordar esse assunto muito polêmico. De uns tempos pra cá, a igreja evangélica tem sido invadida por estes ritmos como: Hip Hop, Rock, Pagode, Forró, Rap e por incrível q pareça até Funk(só a graça de Deus), queria a opinião de vcs sobre isso, ok?

Eu sinceramente não concordo, pois a Bíblia diz pra não nos conformamos com este mundo, mais para q sejamos transformados pela renovação da nossa mente, será que estamos fazendo a vontade de Deus trazendo estes ritmos do mundo pra dentro da igreja,e utilizando o seguinte pretexto:"Pra Deus vale , o que importa é a letra", tenho muitos colegas que dizem isso, pra se justificarem, muitos dizem que assim conseguiremos atrair mais pessoas pra Jesus, Creio se queremos trazer pessoas pra Deus, não precisamos trazer o mundo pra dentro da igreja, pois o verdadeiro evangelho de Cristo,exige renúncia, se um cara do mundo canta rap e conhece Jesus, a liderança da igreja tem q se impor e explicar q o Evangelho muda a vida das pessoas, e elas não podem continuar fazendo as mesmas coisas, muitas pessoas aceitam tais ritmos, mais nem sabem como surgiram, o rock por exemplo, surgiu nos EUA, em meio a uma crise de identidade entre os jovens , o criador do rock foi preso várias vezes por perturbação da ordem pública e apologia as drogas, o rap surgiu dentro de presídios, certamente faltaria espaço p/ falar de cada... A Bíblia diz que aquele q está em Cristo deve andar como ele andou, ja imaginou Jesus com uma guitarra na mão pulando igual um doido? ou dançando rap? ou dançando funk? devemos tratar o evangelho com mais maturidade, pois ele é o único caminho para salvação, se as pessoas não querem abandonar suas manias, q fiquem no mundo, o q não podemos é mudar o evangelho pra agradar quem quer q seja, queria deixar a passagem do Pão da vida(Jo 6: 22 a 71), onde muitos dos q Jesus tinha alimentado através da multiplicação dos pães e peixes, vieram atrás dele , não pra vê-lo , mais pq queriam mais pães e peixes, quando Jesus começou a falar duro com eles , logo se escandalizaram, ficando só os doze discípulos. Jesus não foi correndo atrás deles dizendo:"Voltem , me desculpe por ter falado duro de mais com vcs..." pelo contrário, no vs 67 ele disse aos discípulos q ficaram :"Porventura, quereis também vós outros retirar-vos?" no qual Pedro disse:"para onde iremos, se só tu tens as palavras de vida eterna", portanto, queria finalizar dizendo: Que amamos todas as pessoas sejam elas: prostitutas, ladrões, mentirosos, etc..., mais amar é uma coisa, concordar com os atos é outra, se as pessoas querem a Cristo , que venham, ele receberá a todos de braços abertos, mais que estejam dispostas a carregarem sua cruz, só assim conseguiremos acabar com esse evangelho do "oba oba" que muita gente tem pregado, agradeço a atenção de todos, desculpe escrever tanto, e que o Senhor possa abençoar a vida de todos aqueles que lerem esse tópico, e q possamos a cada dia, estar fazendo a vontade de Deus e não a nossa, fiquem na paz!!!

Ver perfil do usuário

Valfrid


Admin
Admin
Amigo, o que você chama de rítimos mundanos?!

Qual a sua base para essa classificação?!

Na sua igreja se usa hinário?! Se sim, saiba que várias das músicas lá tem melodias "populares", ou seja, foram feitas para alegrar o povo.

O rítimo não tem nada a ver com louvor. Posso louvar com qualquer rítimo, desde que seja de coração e seja essa a minha inteção!!

Não gosto de funk, forró, pagode e afins, mas nem por isso eles estão errados!! Certa ou errada é a nossa atitude perante o pai, não o rítimo da música!


_________________
Vídeos da Banda Pinprick: http://br.youtube.com/user/pinprickband

Ver perfil do usuário http://newfgm.forumeiros.com

Aniely


Já sou frequente
Já sou frequente
pra mim qq rítimo tah valendo...

desde q não se pegue uma melodia jah criada pra uma música vulgar... ou uma musica totalmente idiota ou sem lógica..

tipo a do cara q pegou a melodia do CRÉU e colocou CÉU...
ja ví meia dúzia de irmãzinhas achando bonito e dançando do mesmo jeito

pra mim o problema não eh a melodia em si... e sim as letras q as acompanham...

Ver perfil do usuário http://www.fotolog.com/aniely_pe
Kda um tem a sua maneira de pensar, tanto que, se vc condena esses ritmos dentro da igreja, eh um direito seu... e nem por issu vai deixar de ter a salvação. Por issu eu respeito!

Mais eh como o Valfrid falou: "O rítimo não tem nada a ver com louvor. Posso louvar com qualquer rítimo, desde que seja de coração e seja essa a minha inteção!!"

Deus procura verdadeiros adoradores, seja eles adorando com rock, rep, hip hop, enfim...


_________________
Tudo posso com o meu Deus!
Ver perfil do usuário

Aroldo Chuasneguer


Isso aqui está viciando!
Isso aqui está viciando!
"Se estilo musical adorasse alguém, Deus não faria homens, faria CD's, que não pecam e fazem exactamente o que se manda."

Ver perfil do usuário

MM


Isso aqui está viciando!
Isso aqui está viciando!
"...o rock por exemplo, surgiu nos EUA, em meio a uma crise de identidade entre os jovens , o criador do rock foi preso várias vezes por perturbação da ordem pública e apologia as drogas..."

Hahaha, depois de uma afirmação dessas é preciso dizer mais alguma coisa????
Sabe "TUUUUUUUUUUDO" sobre o assunto, hahahahahahahaha, só rindo...

Ver perfil do usuário

Valfrid


Admin
Admin
É... só para completar, seguindo esse linha de pensamento, nunca cantaremos dentro da igreja pois ela NUNCA criou um rítmo!!

O único tipo de música originalmente criado por uma comunidade cristão foi o canto gregoriano, da ICAR, e que, por isso, não teria espaço na comunidade evangélica!!

É isso aí... fim aos cânticos de louvor nas igrejas!!!


kkkkkkkkkkkkkkk


_________________
Vídeos da Banda Pinprick: http://br.youtube.com/user/pinprickband

Ver perfil do usuário http://newfgm.forumeiros.com

MM


Isso aqui está viciando!
Isso aqui está viciando!
Valfrid escreveu:É... só para completar, seguindo esse linha de pensamento, nunca cantaremos dentro da igreja pois ela NUNCA criou um rítmo!!

O único tipo de música originalmente criado por uma comunidade cristão foi o canto gregoriano, da ICAR, e que, por isso, não teria espaço na comunidade evangélica!!

É isso aí... fim aos cânticos de louvor nas igrejas!!!


kkkkkkkkkkkkkkk

ia ser roxxxx a Ana Paula Valadão mandando um canto gregoriano, a la Sandy, rs

Ver perfil do usuário

Mineirinho


Já sou frequente
Já sou frequente
Não acredito que hajam "ritmos mundanos" ou "ritmos evangélicos/gospels e/ou afins". Ritmo é ritmo. Não há como eu sacralizar algum ritmo e demonizar outro. Eu tenho o direito de gostar ou não de determinado ritmo ou estilo de música, agora, quanto a dizer que aquele que eu não gosto "não é de DEUS" e coisa e tal, é apelação.

Eu, que tento ser ao máximo eclético, curto todos os ritmos numa boa. Só tenho alguma reserva com o chamado white metal e com o funk. Mas, não é por isso que irei aqui dizer que tais ritmos e/ou estilos sejam do diabo. É isso!

Ver perfil do usuário

10 Re: Ritmos mundanos na igreja , o q vcs acham??? em Seg Ago 11, 2008 10:30 pm

Aniely


Já sou frequente
Já sou frequente
Mineirinho escreveu:Não acredito que hajam "ritmos mundanos" ou "ritmos evangélicos/gospels e/ou afins". Ritmo é ritmo. Não há como eu sacralizar algum ritmo e demonizar outro. Eu tenho o direito de gostar ou não de determinado ritmo ou estilo de música, agora, quanto a dizer que aquele que eu não gosto "não é de DEUS" e coisa e tal, é apelação.

Eu, que tento ser ao máximo eclético, curto todos os ritmos numa boa. Só tenho alguma reserva com o chamado white metal e com o funk. Mas, não é por isso que irei aqui dizer que tais ritmos e/ou estilos sejam do diabo. É isso!

pois eh Mineirinho...

pq tem gente q condena certo estilo de musica ou certos cantores,só pq não são do seu gosto...

Ver perfil do usuário http://www.fotolog.com/aniely_pe

Michele


Já sou frequente
Já sou frequente
Valfrid escreveu:

O rítimo não tem nada a ver com louvor. Posso louvar com qualquer rítimo, desde que seja de coração e seja essa a minha intenção!!

Não gosto de funk, forró, pagode e afins, mas nem por isso eles estão errados!! Certa ou errada é a nossa atitude perante o pai, não o rítimo da música!

É isto!
Só penso que o funk não poderia ser uma forma de louvor. (Digo isto pelas bases conhecidas que eu tenho de funk, até porque, a dança do funk é pro lado da sensualidade).

Ver perfil do usuário

12 Re: Ritmos mundanos na igreja , o q vcs acham??? em Sex Ago 15, 2008 10:33 pm

Claustrospelunker


Chegando agora
Chegando agora
White Metal nem ritmo é mineirinho...

Ver perfil do usuário

Aroldo Chuasneguer


Isso aqui está viciando!
Isso aqui está viciando!
Michele escreveu:É isto!
Só penso que o funk não poderia ser uma forma de louvor. (Digo isto pelas bases conhecidas que eu tenho de funk, até porque, a dança do funk é pro lado da sensualidade).
É só não se fechar ao Funk Carioca, que tu vai ver que é um ritmo como qualquer outro...

Ver perfil do usuário

andersonasp06


Chegando agora
Chegando agora
essas respostas me preocupam um pouco, como estará a igreja evangélica daqui uns 20 anos...... , só Jesus msm pra nos dá misericórdia...o último censo disse q os evangélicos são +- 40% da população, creio eu que se for for ver na realidade, se 5% forem verdadeiros cristãos, é muito, apesar de ser jovem, acho q antigamente ela tinha melhor sua posição em relação ao mundo, o q percebemos hoje é q as igrejas estão cheias,mas, poucos são akelesque, de fato têm uma nova vida em CRISTO.
satanás sabe q o povo brasileiro tem buscado a Deus, então, ele propõem aos cristãos: "Vocês querem cultuar a Deus?, podem continuar com seus velhos hábitos, podem continuar levando seu msm estilo de vida, podem usar as msmas roupas de antes..." Enfim, muitas pessoas estão arroladas no rol de menbros das igrejas, mas, continuam escravas de satanás pelos seus sofismas.
Nós temos q dar um bom testemunho ao mundo não sermos iguais a ele, se as pessoas querem vir p/ a igreja q venham, mas , se não quiserem, q fiquem no mundo. Nós não podemos é mudar a mensagem do evangelho a fim de atrair as pessoas.

Chegou agora + uma novidade no meio evangélico, o baile gospel. Por essa Deus não esperava. Onde está escrito na Bíblia q devemos fazer baile gospel??

Muitos são capazes de ficar 2 ou 3 horas em um show gospel, mais se a mensagem na igreja passar 10 minutos da hora , já ficam agoniados....

Antigamente, os crentes eram perseguidos por sua conduta e testemunho. Ser cristão hoje , não é mais motivo de deboche ou escárnio. Os crentes não sofrem mais a discriminação q sofriam há alguns anos atrás, pq ser crente em nossos dias tornou-se algo na moda. Hoje ser crenet é UM BARATO. Não ser cristão é q é careta. Assim, o nº de igrejas evangélicas têm crescido e os templos estão cada vez mais cheios, mas , queridos irmãos , estamos conscientes de que grande parte daqueles q freuqentam os cultos, nunca nasceram denovo, nunca entregaram suas vidas ao Senhorio de Cristo, Jesus disse que muitos são chamados e poucos escolhidos. E quem são os escolhidos?? São os que saem do "Egito" e vão cultuar a Deus, caminho de 3 dias no deserto, lugar ermo, "separado", Nós somos o povo separado de Deus!!!

Ver perfil do usuário
andersonasp06, acho q vc esta sendo um pouco radical demais!

Eu te garanto, ou melhor, EU TENHO PEITO pra te dizer q sou um verdadeiro Cristão, e q tenho uma grande intimidade com Deus... creio na minha salvação, sei q serei salvo, e sempre escutei rock gospel, sempre louvei a Deus da minha maneira, ou seja, de todo coração (com rock, pop, reagge, seja oq for), e sei q Deus tem se agradado disso!!! Afinal, creio que quando temos duvida da salvação fica complicado, mais eu tenho certeza absoluta da minha salvação, continuo escutando rock, e ainda assim continuo tendo a certeza!

Eae, como que fica? Tem a coragem de dizer q não serei salvo por causa disso?


_________________
Tudo posso com o meu Deus!
Ver perfil do usuário

16 Re: Ritmos mundanos na igreja , o q vcs acham??? em Dom Ago 17, 2008 11:24 am

Aroldo Chuasneguer


Isso aqui está viciando!
Isso aqui está viciando!
Ok, e como você acha que deve ser o louvor então?
Harpa e Corais?
andersonasp06 escreveu:essas respostas me preocupam um pouco, como estará a igreja evangélica daqui uns 20 anos...... ,
E por que não fala o que pensavam 20 anos atrás?
Afirmo que muitas de SUAS atitudes como cristão actual, eram condenadas 20 anos atrás.
Para pra pensar nisso...

Ver perfil do usuário

vivicki


Moderadores
Moderadores
andersonasp06 escreveu:Chegou agora + uma novidade no meio evangélico, o baile gospel. Por essa Deus não esperava. Onde está escrito na Bíblia q devemos fazer baile gospel??

Novidade nada.
Minha mãe tem 40 anos de conversão e já tinha dessas no tempo dela.


andersonasp06 escreveu:Antigamente, os crentes eram perseguidos por sua conduta e testemunho. Ser cristão hoje , não é mais motivo de deboche ou escárnio. Os crentes não sofrem mais a discriminação q sofriam há alguns anos atrás, pq ser crente em nossos dias tornou-se algo na moda. (...)

www.portasabertas.org.br

A gente pode não ser perseguido no Brasil, mas que ainda existe perseguição, existe.


_________________
Ver perfil do usuário

MM


Isso aqui está viciando!
Isso aqui está viciando!
andersonasp06 escreveu:essas respostas me preocupam um pouco, como estará a igreja evangélica daqui uns 20 anos...... , só Jesus msm pra nos dá misericórdia...o último censo disse q os evangélicos são +- 40% da população, creio eu que se for for ver na realidade, se 5% forem verdadeiros cristãos, é muito, apesar de ser jovem, acho q antigamente ela tinha melhor sua posição em relação ao mundo, o q percebemos hoje é q as igrejas estão cheias,mas, poucos são akelesque, de fato têm uma nova vida em CRISTO.
satanás sabe q o povo brasileiro tem buscado a Deus, então, ele propõem aos cristãos: "Vocês querem cultuar a Deus?, podem continuar com seus velhos hábitos, podem continuar levando seu msm estilo de vida, podem usar as msmas roupas de antes..." Enfim, muitas pessoas estão arroladas no rol de menbros das igrejas, mas, continuam escravas de satanás pelos seus sofismas.
Nós temos q dar um bom testemunho ao mundo não sermos iguais a ele, se as pessoas querem vir p/ a igreja q venham, mas , se não quiserem, q fiquem no mundo. Nós não podemos é mudar a mensagem do evangelho a fim de atrair as pessoas.

Chegou agora + uma novidade no meio evangélico, o baile gospel. Por essa Deus não esperava. Onde está escrito na Bíblia q devemos fazer baile gospel??

Muitos são capazes de ficar 2 ou 3 horas em um show gospel, mais se a mensagem na igreja passar 10 minutos da hora , já ficam agoniados....

Antigamente, os crentes eram perseguidos por sua conduta e testemunho. Ser cristão hoje , não é mais motivo de deboche ou escárnio. Os crentes não sofrem mais a discriminação q sofriam há alguns anos atrás, pq ser crente em nossos dias tornou-se algo na moda. Hoje ser crenet é UM BARATO. Não ser cristão é q é careta. Assim, o nº de igrejas evangélicas têm crescido e os templos estão cada vez mais cheios, mas , queridos irmãos , estamos conscientes de que grande parte daqueles q freuqentam os cultos, nunca nasceram denovo, nunca entregaram suas vidas ao Senhorio de Cristo, Jesus disse que muitos são chamados e poucos escolhidos. E quem são os escolhidos?? São os que saem do "Egito" e vão cultuar a Deus, caminho de 3 dias no deserto, lugar ermo, "separado", Nós somos o povo separado de Deus!!!

Cara como vc é burro, sou mais ler a VEJA do que ler o que vc escreve, um sujeito completamente ultrapassado e completamente fora da realidade, daquele tipo que vive dentro do seu mundo particular dentro da sua igreja e acha que o universo roda em torno disso...

Ver perfil do usuário

Valfrid


Admin
Admin
andersonasp06 escreveu:essas respostas me preocupam um pouco, como estará a igreja evangélica daqui uns 20 anos...... , só Jesus msm pra nos dá misericórdia...o último censo disse q os evangélicos são +- 40% da população, creio eu que se for for ver na realidade, se 5% forem verdadeiros cristãos, é muito, apesar de ser jovem, acho q antigamente ela tinha melhor sua posição em relação ao mundo, o q percebemos hoje é q as igrejas estão cheias,mas, poucos são akelesque, de fato têm uma nova vida em CRISTO.
satanás sabe q o povo brasileiro tem buscado a Deus, então, ele propõem aos cristãos: "Vocês querem cultuar a Deus?, podem continuar com seus velhos hábitos, podem continuar levando seu msm estilo de vida, podem usar as msmas roupas de antes..." Enfim, muitas pessoas estão arroladas no rol de menbros das igrejas, mas, continuam escravas de satanás pelos seus sofismas.
Como já foi perguntado, você já pensou como as pessoas pensavam a 20 anos atrás?!
Eu tenho 31, logo, tinha 11 anos a 20 anos atrás e a coisa era realmente muito diferente, e vou te dizer uma coisa, que não acho exemplo melhor que o jargão popular sobre política "Mudou-se a moscas, mas a m* continua a mesma

Como a 20 anos atrás, os verdadeiros cristãos continuam batalhando, e os cristãos "modinha" entram e saem das igrejas!!


andersonasp06 escreveu: Nós temos q dar um bom testemunho ao mundo não sermos iguais a ele, se as pessoas querem vir p/ a igreja q venham, mas , se não quiserem, q fiquem no mundo. Nós não podemos é mudar a mensagem do evangelho a fim de atrair as pessoas.
Nesse trecho, concordo 100% com você, porém, onde, rítimos mudam a mensagem do evangelho?! Aliás, falando em mensagem, qual seria a relação deles com ela?!

andersonasp06 escreveu:Chegou agora + uma novidade no meio evangélico, o baile gospel. Por essa Deus não esperava. Onde está escrito na Bíblia q devemos fazer baile gospel??
Como já citou a Vivicki, isso não é novidade não!!

andersonasp06 escreveu:Muitos são capazes de ficar 2 ou 3 horas em um show gospel, mais se a mensagem na igreja passar 10 minutos da hora , já ficam agoniados....
Isso também concordo que está errado!! O principal é a mensagem, mas não vejo problema em ficar 2/3h num show para se divertir!! E mais, digo por mim, não me restrinjo apenas a shows gospel não!!

andersonasp06 escreveu:Antigamente, os crentes eram perseguidos por sua conduta e testemunho. Ser cristão hoje , não é mais motivo de deboche ou escárnio. Os crentes não sofrem mais a discriminação q sofriam há alguns anos atrás, pq ser crente em nossos dias tornou-se algo na moda. Hoje ser crenet é UM BARATO. Não ser cristão é q é careta. Assim, o nº de igrejas evangélicas têm crescido e os templos estão cada vez mais cheios, mas , queridos irmãos , estamos conscientes de que grande parte daqueles q freuqentam os cultos, nunca nasceram denovo, nunca entregaram suas vidas ao Senhorio de Cristo, Jesus disse que muitos são chamados e poucos escolhidos. E quem são os escolhidos?? São os que saem do "Egito" e vão cultuar a Deus, caminho de 3 dias no deserto, lugar ermo, "separado", Nós somos o povo separado de Deus!!!
Bom, se estou entendendo corretamente o seu post, ser cristão é apenas se vestir de paletó e gravata (mesmo sob um sol de 40 graus), bíblia debaixo do braço e cabeça baixa?!

Desculpe, mas como um bom cristão, eu leio a bíblia (que por acaso está comigo 24x7 dentro do meu celular) e nela não diz COMO tenho que me vestir, só diz que tenho que ser decente!! Uma camiseta e uma calça leve, de tactel por exemplo, é ótima para um clima quente, sem desrespeitar ninguém, e mais, EU nunca vi problema algum em usar bermudas, e as uso!!

Como bem disse o pregador da noite ontem no culto da minha igreja, ressaltando o que já diz a bíblia: "Deus quer adoradores que o adorem em ESPÍRITO e em VERDADE e também que essa adoração seja RACIONAL e não apenas EMOCIONAL"

Até onde eu sei, meu espírito não veste roupas e a verdade não pode ser mostrada por elas. A verdade também, até onde eu sei, não é expressada pelos rítimos que ouço/toco e sim pela minha atitude. Para o meu culto ser racional, não tenho que ir pela cabeça dos outros e me vestir como o mundo espera que se vista um crente, e sim, seguir o que está na BÍBLIA e a intepretação que o Espírito Santo me trouxe!


_________________
Vídeos da Banda Pinprick: http://br.youtube.com/user/pinprickband

Ver perfil do usuário http://newfgm.forumeiros.com

20 Re: Ritmos mundanos na igreja , o q vcs acham??? em Seg Ago 18, 2008 12:16 pm

Aniely


Já sou frequente
Já sou frequente
andersonasp06 escreveu:Chegou agora + uma novidade no meio evangélico, o baile gospel. Por essa Deus não esperava. Onde está escrito na Bíblia q devemos fazer baile gospel??


como assim?!

Ele esperava sim...
ele sabe de tudo... TUDO

e outra...
não defendendo nem condenando o baile gospel.. pq eu tbm num gosto não...mas...
a gente só deve fazer o q está escrito na bíblia?
mais nada além disso?

então devemos agir como robôzinhos de Deus?

amigo.. Deus nos deu mentes beeeem criativas e capacidade de entendimento... para criarmos e tbm saber qdo eh ato cristão ou não...

aí vai da conciencia e do propósito de cada um e para q finalidade tal coisa for criada...
seja dentro ou fora do mundo cristão...

Ver perfil do usuário http://www.fotolog.com/aniely_pe

DuCKCHaRLeS


Já sou frequente
Já sou frequente
não uso terno e gravata pra falar com meu pai biológico pq tenho intimidade e respeito suficiente pra isso... e é o mesmo com o meu PAI espiritual.... se eu tenho(e Ele me deu) intimidade para chamá-lo de ABBA PAI pq teria q fazer todo um ritual para segui-lo??? o q vale é o coração... senão o pessoal da Escócia estariam enrolados... todos usando saias... kkkkkkkkkkkkk

Ver perfil do usuário

Claustrospelunker


Chegando agora
Chegando agora
Onde está na Bíblia que devemos discutir em foruns de internet?

Ver perfil do usuário

Claustrospelunker


Chegando agora
Chegando agora
Aliás, se ser crente é um barato me avisem onde, pois eu estou perdendo esse "barato"

Ver perfil do usuário

DuCKCHaRLeS


Já sou frequente
Já sou frequente
Claustrospelunker escreveu:Aliás, se ser crente é um barato me avisem onde, pois eu estou perdendo esse "barato"
....hã? não gosta???? aheuheuhea.... tudo depende do ponto de vista... sei lá... eu acho um "barato"... kkkkkkkkk

Ver perfil do usuário

andersonasp06


Chegando agora
Chegando agora
Vamos a um estudo profundo sobre o assunto? Para isto será necessário que vocês leiam até o fim para que cheguem a realidade sobre o assunto de determinados ritmos usados para evangelização, também chegará a uma conclusão se é certo ter estas preferências musicais.

Origem do rock

O "inventor" do termo rock and roll e grande responsável pela difusão do estilo foi o disk jokey Allan Freed, radialista de programas de rhythm and blues de Cleveland, Ohio, que primeiro captou e investiu na carência do público jovem consumista por um novo tipo de música mais energética e primeiro percebeu o potencial comercial da música negra.

O termo rock and roll era uma gíria dos negros americanos, referente ao ato sexual, presente inclusive em muitas letras de blues (a exemplo de My Daddy Rocks Me With a Steady Roll da cantora Trixie Smith, de 1922). Allan Freed foi o responsável por usar o nome sonoro para denominar o novo estilo musical em que estava investindo.

Em 1951 Allan Freed criou o programa Moon Dog Show mais tarde renomeado para Moon Dog Rock and Roll Party ao mesmo tempo em que promovia festas de dança com o mesmo nome, movidas inicialmente a blues e rhythm & blues e mais tarde pelo ritmo que havia ajudado a definir e divulgar. Suas festas apesar dos constantes atritos e reclamações por parte das autoridades eram um sucesso. Tumultos lhe valeram dezenas de processos por incitação à violência.

Enquanto a juventude adotava o novo ritmo como sua marca registrada os adultos, principalmente das parcelas mais conservadoras da sociedade, a taxavam como causa de toda delinqüência juvenil... apesar do exagero dos protestos, não estavam de todo errados, o gosto pelo rock era realmente parte do estilo das gangues juvenis.
Para todos saberem que não falei por minhas palavras ou dei apenas minha o opinião, eu tirei este texto do http://whiplash.net/

Resumindo

- O termo rock and roll era uma gíria dos negros americanos, referente ao ato sexual,
- Tumultos durante shows de rock valeram dezenas de processos ao criador do ritmo por incitação à violência.
- o gosto pelo rock era realmente parte do estilo das gangues juvenis.
- Boa parte de grupos de rocks são consagrações a satanás, isto é provado.

Seria um ritmo inspirado por Deus? Seria este um ritmo bom para ser adaptado a igreja?

A ORIGEM DO RAP

origem...

Onde surgiram os primeiros grupos de rap? Nas cadeias
Onde quase que unanimemente se ouve rap? Nas cadeias
Qual é o tema principal das "musicas"? A vida na cadeia

Diz-se que o Rap surgiu na Jamaica mais ou menos na década de 60 quando surgiram os "Sound Systems", que eram colocados nas ruas dos guetos jamaicanos para animar bailes. Esses bailes serviam de fundo para o discurso dos "toasters", autênticos mestres de cerimônia que comentavam, nas suas intervenções, assuntos como a violência das favelas de Kingston e a situação política da Ilha, sem deixar de falar, é claro, de temas mais prosaicos, como sexo e legalização de drogas.

No início da década de 70 muitos jovens jamaicanos foram obrigados a emigrar para os EUA, devido a uma crise econômica e social que se abateu sobre a ilha. E um em especial, o DJ jamaicano Kool Herc, introduziu em Nova Iorque a tradição dos "Sound Systems" e do canto falado, que se sofisticou com a invenção do scratch, um discípulo de Herc.

Desde seu surgimento, nos anos 70, numa Nova Yorque violenta como nunca, o rap impôs a discussão de questão negra. Os Estados Unidos viviam então a ressaca de conflitos raciais que incluíram desde o pacífico movimento pelos direitos civis de Marti Luther King até a militância armada dos Panteras Negras. Nestes protestos que os negros faziam através do rap eles falavam todo tipo de palavrão e ataques diretos ao governo e a população racista, a maior parte das musicas falavam sobre a legalização das drogas e desejavam a morte a todos os racistas, palavrões, pancadarias e matanças a sangue frio eram a lei dos ataques diretos ao inimigos do rap, uma parte destes homens amantes do rap moravam dentro da cadeia fazendo rebeliões e matando a muitos outros prisioneiros em forma de protestos.

No Brasil, o debate se intensificou após a projeção do grupo americano Public Enemy, na segunda metade dos anos 80. Seus clipes mostraram um novo mundo de idéias para os rappers brasileiros. Grupos como Racionais e DMN admitem Chuck D & Cia. como influência maior. Os ícones Malcolm X e Martin Luther King tornaram-se leitura de cabeceira.

CRIADORES DA GÍRIA

Destes mesmos grupos de rap e rock vieram a origem da gíria no meio da igreja, palavras como Cara, mano, mina, nóis na fita, maluco, bagulho, o cara lá de cima, malandrólice e outras palavras horríveis que não deveriam nem estar próximo da boca do cristão. A pergunta que aqui deixo é a seguinte: Somos ou não somos diferentes do mundo? Qual é a identidade do cristão?
Vamos a seguir algumas letras dos grupos evangélicos de rap no Brasil, ai analisando as letras chegaremos a uma conclusão se as letras são apropriadas para um grupos que se diz cristão.

AS LETRAS DE GRUPOS de RAP "CRISTÃOS"

Vejam esta letra:

Crente sim...bobo não

Fitaram meu pescoço e o pulso atrás do ouro, eu sou crente né ladrão??? Mas pensa que sou bobo"
"tem bico que entra numas de achar que crente é bobo"
Sou cristão, convertido e não convencido de ser de DEUS, sou manso, humilde, e muito legal mas não venha querer tirar vantagens pra cima de mim pois sou crente e não bobo...Eu aprendi com DEUS a ser manso mas também a ser esperto...
"Desculpe si meu jeito ti faz correr de medo por fora um lobo nervoso, por dentro um simples cordeiro"
Não é isto que a bíblia ensina, como dizer que por fora sou lobo nervoso e por dentro cordeiro? Que vergonha meu Deus.
(COMENTARIO: nem precisa de comentário)

LETRAS DO GRUPO DE RAP (apocalipse 16)

Não vai ter boi quando o céu se abrir.
(COMENTÁRIO: Que termo horrível hein? Não vai ter boi? nossaaaa)

TRECHOS DA MUSICA (A Chave Da Vida apc 16)
Ok otário que escolheu a chave errada atrás da porta que ela abriste uma larga estrada.

(COMENTÁRIO: Chamar os outros de otários por não ter Jesus? Como alguém pode dar o exemplo de cristo com uma letra agressiva como esta? Usar uma musica desta para evangelizar? chamando os outros de otário?)

TRECHOS DA MUSICA Minha Oração
Garotas por um papel se deitam para transar.
(COMENTÁRIO: Outro termo horrível usado pelo famoso pastor Luo, o incrível é que ele é denominado pastor.)

TRECHOS DA MUSICA: muita treta. É MUITA TRETA MANO. MANO, VICHH É MUITA TRETA.
Mais uma vez o uso de gírias forçadas, tudo prova que este tipo de ritmo nos ensina a falar como o mundo fala.

TRECHOS DA MUSICA Meus inimigos estão no poder. apc 16

o final do país que vocês governam será idêntico
a daquele filme A Revolução Dos Bichos
Assistiram? Não?
Então assistam Roedores Comedores de lixo, ham comedores de lixo, lixo, ham ha ha ha!!!
Ha ha ha ha eu rio da sua cara
ha ha ha ha eu tenho nojo da sua cara

COMENTÁRIO: A bíblia fala que não devemos ter nojo dos outros, devemos amar e respeitar a todos, vemos uma letra agressiva do pregador Luo. Um pastor rap, isto parece uma piada.

A musica continua... dane-se o malufi dane-se o pitta
dane-se o Idelbrando Pascoal
mesmo que queimem no fogo do inferno

COMENTÁRIO: Falam como se todos devem mesmo ir para o inferno, não tem amor pelas almas, dizem danem-se nas letras.

TRECHOS DA MUSICA Segunda vinda a cura. apc 16

se liga Deus do RAP, se liga Deus da bola
se pá você desce e sobe aquele que pedia esmola

COMENTÁRIO: Quem disse que existe um deus do rap? Quem seria este "deus"? Seria satanás? porque Deus Jeová não é, Deus não quer que ninguém se dane e o meu Deus não trata ninguém de comedor de lixo, PORTANTO DEUS DO RAP ELE NÃO É.

E este tal deus da bola quem seria? Que letra mais horrível hein.

Vamos agora a trechos de musicas do grupo ao cubo, um outro grupo de rap evangélico, atualmente um dos grupos mais famosos de rap evangélico do Brasil.

TRECHOS DA MUSICA (fora quem usa) (ao cubo)

Brasil, conhecido como terra tropical, onde tem mulher bonita, futebol e tal,
alegria, folia a reveria carnaval, garotas nuas nas ruas, o que é normal virou cultural

COMENTÁRIO:Olha que termo horrível, onde se viu ficar citando coisas como estas em uma musica?

TRECHOS DA MUSICA (Ira dos vinte) (ao cubo)

- Que mané guerreiro nada, é tudo mulecada, se dividem em duas rapa, função e playboyzada.

COMENTÁRIO: Gírias forçadas novamente, palavreados que não deveriam estar na boca do cristão.

Trechos da musica (Respire fundo) (ao cubo)

- Vai,vai,vai,vai
Toma milhão
Nois capota mais num breca
Sai,sai,sai,sai,sai
Que é contra mão
Vamo passa informação

A casa caiu
Mas enxemos outra lagem
Respire fundo

Se ligo? é ao cubo
Mutante do futuro
Ai maluco tem que te respeito

COMENTÁRIO: Onde esta a diferença do mundo em uma letra como esta? Alias onde esta a diferença do mundo no grupo rap evangélico? É ou não uma adaptação do mundo dentro da igreja? Sem duvida o rap e o rock é uma adaptação do mundo dentro da casa do senhor
Fazendo escolhas certas quando se trata de musicas.

Como cristãos, confrontamo-nos continuamente com julgamentos na escala de valores referente a cada música que ouvimos ou tocamos. As seguintes perguntas podem ajudar-nos a fazer estas decisões

Qual é seu contexto cultural?
Qual é seu valor estético?
Quão apropriada é ela para o louvor?
Qual é seu valor para o louvor?
Qual é seu valor como diversão?
Qual é seu valor educacional?
Qual é a mensagem desta peça musical?

O que a musica deve ser na vida do cristão?
A música deve glorificar a Deus. Seja qual for a música que escolher para ouvir ou tocar, seja sagrada ou secular, deve ser para a glória de Deus. Sou músico e quando toco, tenho sempre que tentar oferecer meu melhor. Uma apresentação descuidada e sem preparo não honra a Deus. "Cristãos que desculpam sua mediocridade com racionalizações de auto-piedade parecem culpados de não entender a extensão do chamado de Deus em suas vidas.

A música deve ser apropriada. Enquanto um traje de banho é apropriado para a praia, não o é para a igreja. O mesmo princípio pode ser aplicado para a música. Nem todos os estilos de música são apropriados para todas as ocasiões, e alguns estilos podem nunca ser apropriados para o cristão. O que pode ser perfeitamente legítimo para uma melodia emotiva de canção de amor, pode não ser apropriado para um culto de adoração. O contexto é diferente. Deve a música de adoração concentrar-se no prazer emocional em lugar do louvor a Deus??? No nosso mundo dirigido pela diversão, devemos ser cuidadosos ao distingüir entre diversão e adoração. Adoração é o que oferecemos a Deus; diversão é um show com o propósito de entreter e distrair.

A cultura condiciona preferências musicais. A norma para música que é aceitável varia dependendo do país e da cultura. Os cristãos devem avaliar sua música dentro de sua cultura e decidir o que expressa e o que não expressa uma visão positiva cristã.

A música pode ser usada para controlar emoções e ações de uma pessoa sem passagem pelo processo de pensamento racional. Como Storr indica: "O poder da música, especialmente quando combinado com eventos emotivos, pode impressionar terrivelmente. No desfile de Nuremberg em 1936, os aplausos ensurdecedores da vasta multidão eventualmente abafaram a música das grandes bandas que tocaram para a entrada de Hitler. Mas as bandas estavam lá muito antes que Hitler aparecesse, precedendo o discurso de Hitler com o seu discurso, preparando a imensa multidão com ansiedade, ajudando e sendo cúmplice da auto-dramatização de Hitler, fazendo acreditar que um fracassado petit bourgeois tomou-se Messias...

Não pode haver dúvida de que pela incitação das emoções da multidão e através de assegurar-se de que estas emoções atingissem um climax juntas, em vez de separadamente, a música pode contribuir poderosamente para a perda de julgamento crítico, e render cegamente aos sentimentos momentâneos, o que é tão característico do comportamento de uma multidão.

Surpreendentemente, apesar de presenciarmos um progresso constante da influência secular e tudo o que isso engloba em nossa música sacra de nossos cultos, vemos diminuir consideravelmente a intervenção de um agente "fiscalizador" que possa de forma construtiva avaliar se a música vai elevar a igreja espiritualmente ou se simplesmente vai preencher os gostos e vontades de alguns.

Na década de 70 ouvia-se dos púlpitos das igrejas em geral, que o rock era uma música de procedência satânica, hoje, no entanto vemos o quanto este pensamento mudou, em qualquer loja cristã encontram-se inúmeros gêneros de música rock, desde heavy-metal-cristão até o punk-rock-cristão. A indústria do rock-cristão já se firmou de maneira surpreendente e praticamente em todas as principais denominações protestantes.

A solução de um professor cristão apresentou para aos jovens, seria mudar para o rock cristão. O problema fatal deste ponto de vista, que é partilhado por muitos outros líderes de nossa igreja, é que o rock não obtém seu impacto na mente através da letra, mas através da música.

este engano permanece popular e é usado para justificar a aceitação nos lares e igrejas da música popular que promove o estímulo físico e emocional, ao invés de elevar-nos espiritualmente.


"É verdade que a música não é a melhor, mas é a maneira de chamar a atenção dos jovens do mundo," disse o ancião. Semelhantes afirmações anulam o principio bíblico que fala acerca de nossa relação com o mundo. Se adaptamos uma aparência mundana para atrair multidões, como poderemos mostrar o contraste entre o reino deste mundo e o Reino de Deus?

"A minha palavra, e a minha pregação, não consistiu em palavras persuasivas de sabedoria humana (podemos adicionar, frivolidade, sentimentalismo e música mundana), mas em demonstração de Espírito e de poder." 1Cor. 2:4. A música que satisfaz os descrentes será a mesma que satisfaz os cristãos? Se sim, então nosso coração não é diferente daqueles que não conhecem a Cristo. Termos uma mensagem única, verdadeira e que distingue os enganos satânicos das verdades divinas, não seria razão para possuirmos uma música que espiritualmente elevasse os ouvintes a um grau de santidade maior que os de "babilônia"? Pode aquele que pretende estar irrepreensível (Apoc. 14:5) perante Cristo em Sua vinda, louvar a Deus com a mesma música que vem de Babilônia? A resposta é naturalmente não.


Isto tudo aqui escrito prova que é o rock e rap é um ritmo do mundo inspirado por satanás que entrou para dentro da igreja, satanás em seu desejo ele tenta imitar tudo o que é de Deus, e logo após deturpar aquilo que Deus criou, Deus criou a música, e o diabo tenta copiar a sua criação e deturpá-la, será você consegue imaginar no céu os anjos com guitarra nas mãos e pulando ao redor do trono de Deus cantando rock? rsrs parece até piada imaginar isto não é? Será que você consegue encontrar alguém que em um show de rock tenha sido batizado com o espírito santo? Impossível, pois a rock foi feito para agitar o corpo e não para adorar e tocar no coração de Deus.
Como você leu na pagina citada sobre a história do rock, o estilo agitava e fazia parte de gangues juvenis, já a história do rap é de cadeieiros tentando legalizar o sexo, drogas, e incitação a violência através de palavrões horríveis. Foi provado a impossibilidade de ritmos como rock e rap este ter sido criados ou inspirados por Deus. Seria correto aceitar o mundo entrando dentro da igreja? Seria correto aceitarmos uma adaptação do mundo dentro da igreja? JAMAIS

Fonte: site conselhos do céu

======================================================



Última edição por andersonasp06 em Sab Ago 23, 2008 10:12 pm, editado 2 vez(es)

Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 2]

Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum